12 de abril

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
8/04/21 às 11h35 - Atualizado em 8/04/21 às 11h35

Menos gastos e mais iluminação para as ruas de Samambaia.

COMPARTILHAR

As Lâmpadas mais potentes e econômicas atenderão com prioridade vias com maior circulação de pessoas, grande fluxo de comércio e paradas de ônibus mais movimentadas Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

O Governo do Distrito Federal (GDF), por meio de ação conjunta da Secretaria de Obras com a CEB Iluminação Pública, iniciou a troca de lâmpadas convencionais por LED em vias públicas na cidade de Samambaia. Serão 2.282 substituições que deixarão ruas e avenidas mais iluminadas e seguras para pedestres e condutores de veículos.

"Priorizamos as vias de maior circulação de pessoas, com grande fluxo de comércio e paradas de ônibus mais movimentadas. Nosso objetivo é, à medida que conseguirmos novos recursos, ir investindo até atender toda a cidade", garante o administrador regional Gustavo Aires.O projeto atenderá a 1ª Avenida Sul e Norte nas quadras pares (200 e 400) e a Avenida Noroeste. A escolha atendeu a um projeto feito em parceria com a Administração Regional de Samambaia. O investimento autorizado pela Secretaria de Obras é de mais de dois milhões e meio de reais (R$ 2.580.463,74),  Será iniciada a execução nesta semana com prazo de conclusão de 90 dias, a cargo da CEB. 

Mais visibilidade 

Mais modernas e econômicas, as lâmpadas de LED produzem uma luz branca, mais próxima à solar, o que aumenta a visibilidade das vias durante a noite.

A economia média com a eficientização da iluminação pública pode chegar a 40%. Desde o início da atual gestão, o GDF já substituiu mais de 30 mil lâmpadas ? 16.290 em 2019 e 13.823 em 2020. O investimento ficou em torno de R$ 25 milhões.

Programa de eficiência energética da CEB Iluminação Pública e Serviços (CEB IPES) tem como meta substituir quase 100% das lâmpadas até o final de 2022 em todas as regiões administrativas

Mutirão da iluminação

Presidente da CEB e da CEB Iluminação Pública e Serviços, Edison Garcia afirma que o programa de eficiência energética tornou-se prioritário da empresa, que tem a meta de substituir quase 100% das luminárias do Distrito Federal até o final do ano que vem. 

"Está em andamento um mutirão da iluminação em todas as regiões administrativas, identificando pontos com falta de luz ou que necessitem melhorias e substituições", diz ele.

O jornalista José do Egito, 27 anos, é morador de Samambaia e já sente a diferença da iluminação das ruas nestes primeiros dias de substituição. Para ele, as lâmpadas de LED deixam tudo muito mais claro, inclusive neste período de restrição de circulação.

"Algumas pessoas estavam se aproveitando da pouca iluminação para se esconder e cometer delitos. Agora, com esses pontos mais claros, isso já não acontece", afirma.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros