27 de junho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais

Notícias

Nesta gestão, já são 28 mil documentos desse tipo distribuídos. Regularização integra o Lote Legal, uma das frentes do Habita Brasília

GUILHERME PERA, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, entregou 500 escrituras a moradores de Samambaia na manhã desta sexta-feira (23). Outras 68 serão distribuídas para os moradores da região na sede da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab).

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo
O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, entregou 500 escrituras a moradores de Samambaia na manhã desta sexta-feira (23). Foto: Dênio Alves

Com isso, o governo chegou a um total de 28 mil documentos emitidos em dois anos e meio. O objetivo é que esse número alcance 67 mil até o fim de 2018 — quantidade maior do que a somada em todas as gestões anteriores.

A regularização fundiária faz parte do Lote Legal, uma das frentes de atuação do Habita Brasília. O principal programa habitacional do DF tem como objetivo proporcionar moradia digna aos cidadãos e considera o planejamento das cidades e o combate à grilagem. “Esse foi um compromisso que fizemos durante a campanha e que estamos cumprindo”, disse o governador de Brasília.

28 milQuantidade de escrituras entregues em todo o Distrito Federal desde o início da gestão de Rodrigo Rollemberg

O programa, conforme detalhou Rollemberg, tem três focos principais: combate à grilagem de terras públicas, regularização fundiária e entrega de unidades habitacionais.

Ana Cláudia Lima de Lacerda, de 34 anos, foi uma das beneficiadas na ação de hoje. Ela ressaltou a segurança que a escritura vai trazer na vida da sua família. “Agora, vamos viver sem medo de perder a casa”, disse a dona de casa, acompanhada dos três filhos: Rayelen, de 7 anos; Samuel, de 4 anos; e Matheus, de 2 anos.

Rodrigo Rollemberg destacou algumas ações do governo em Samambaia. “Apesar da situação herdada do governo passado, que nos deixou um rombo de mais de R$ 6 bilhões, conseguimos trazer melhorias para a população.”

Ele citou a construção, em Samambaia, de uma unidade básica de saúde e do complexo cultural (que está sendo mobiliado); a inauguração do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), do Centro Interescolar de Línguas e de cinco creches; e o investimento em rede de esgoto e de drenagem de águas pluviais e no asfaltamento da Via Leste.

Documento é emitido pela Codhab

A escritura, oferecida de forma gratuita para famílias com renda de até três salários mínimos, agora é emitida na própria Codhab para oferecer maior comodidade ao cidadão.

O documento foi elaborado com itens de segurança e com base nas emissões feitas em cartório. Papel filigranado (ou papel moeda), adesivo reflexivo com a marca da Codhab e tinta invisível reagente à luz ultravioleta são alguns dos artifícios utilizados para coibir falsificações.

“Apenas distribuir casas não resolve o problema. A regularização é um ponto importante, por isso fizemos um cartório dentro da Codhab para produzir escrituras com custos menores”Gilson Paranhos, presidente da Codhab

As escrituras emitidas pela Codhab significam economia de R$ 718 para o beneficiário, valor pago atualmente pela lavratura em cartório, onde ainda será necessário fazer o registro — que também é pago e o valor varia de R$ 300 a R$ 600.

O presidente da Codhab, Gilson Paranhos, destacou o combate em várias frentes contra o déficit habitacional. “Apenas distribuir casas não resolve o problema. A regularização é um ponto importante, por isso fizemos um cartório dentro da Codhab para produzir escrituras com custos menores. Uma família pobre não pode pagar R$ 1,6 mil no documento”, explicou.

Instituto Hospital de Base do DF

Após a cerimônia de entrega de escrituras, Rollemberg almoçou com lideranças comunitárias da região administrativa. Na ocasião, ele agradeceu o apoio popular para a aprovação, na Câmara Legislativa, da criação do Instituto Hospital de Base do DF.

“A população entende a necessidade de mudança na gestão da Saúde. A partir de janeiro, teremos um hospital 100% público, mas com maior agilidade na compra de medicamentos e na contratação de profissionais”, disse.

O governador ainda fez duras críticas a sindicatos ligados à área da saúde. Para ele, as direções das entidades não defendem o interesse da população. “Sequer defendem os interesses dos servidores que, em sua maioria, são servidores dedicados e comprometidos, mas, muitas vezes, são iludidos e manipulados pelos dirigentes sindicais que não têm compromisso com a saúde.”

EDIÇÃO: PAULA OLIVEIRA

 

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas em pé e sapatos
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas em pé
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, multidão e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 10 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé
A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas sentadas

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Com o intuito de ampliar os debates para a construção do Projeto de Lei de Uso e Ocupação do Solo (LUOS), o Governo de Brasília, por meio da Secretaria de Gestão do Território e Habitação (Segeth) e Secretaria de Cidades (Secid), vai ouvir os moradores das 24 Regiões Administrativas que serão compreendidas pela norma.

Neste sábado, dia 24, a população de Samambaia poderá conhecer e contribuir com a lei que vai estipular as regras de como ocupar e construir no interior dos lotes. Qualquer pessoa pode participar da reunião, que acontece, a partir das 9 horas, no Teatro do CCI, na QN 401.
Com a LUOS, as Regiões Administrativas terão uma legislação atualizada para melhor atender as necessidades de sua população. A norma irá definir com clareza onde e como as atividades econômicas poderão ser instaladas, de forma a não trazer incômodos a vizinhança e à qualidade de vida dos moradores. Também serão simplificadas as regras que definem como edificar, a exemplo de altura, metros quadrados máximo de construção e recuos, entre outros, com benefício para quem quer construir ou reformar.

Para conhecer o que está sendo proposto para sua região e seu endereço, acesse: http://www.segeth.df.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=469
Lá, também estão disponíveis informações sobre todas as fases do processo de elaboração da LUOS, conduzido pela Segeth.

Numa construção transparente da LUOS e envolvendo a sociedade civil, a Segeth já realizou duas audiências públicas, três consultas virtuais e criou um Câmara Temática, com integrantes da sociedade civil, que colabora na elaboração do projeto de lei.
A rodada de consultas públicas presenciais nas Regiões Administrativas acontece entre os dias 17 de junho e dia 1º de julho e funcionará como uma prévia para a terceira e última audiência pública da LUOS, prevista para 15 de julho.

 Serviço:
Consulta Pública Presencial, na Administração Regional de Samambaia, sobre a Lei de Uso e Ocupação do Solo (LUOS).

Dia: 24/06
Local: Teatro do CCI, QN 401, conjunto B, lote 03, em Samambaia.
Hora: 9h às 12h
Informações: 3359.9300 (o ideal é colocar o da Ascom)

Prioridade inicial para essas intervenções de baixa e média complexidades em centro criado no hospital regional é de pacientes daquela cidade e de Taguatinga, mas atendimento será estendido a todo o DF

MARIANA DAMACENO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

O aposentado Orlando Sampaio, de 70 anos, esperava desde 2015 para retirar uma hérnia. Em maio, ele conseguiu ser submetido ao procedimento graças à criação do Centro de Referência em Cirurgias Eletivas de Baixa e Média Complexidades, do Hospital Regional de Samambaia.

Centro de Referência em Cirurgias Eletivas de Baixa e Média Complexidades, do Hospital Regional de Samambaia.
Centro de Referência em Cirurgias Eletivas de Baixa e Média Complexidades, do Hospital Regional de Samambaia. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

De 1° de junho — dia em que a nova unidade de saúde passou a funcionar oficialmente — até segunda-feira (5), 16 pacientes passaram por operações de hérnia ou de vesícula. O serviço começou por essa região administrativa e por Taguatinga, mas será estendido a todo o Distrito Federal.

A intervenção de Orlando foi uma das 140 desses tipos feitas na fase experimental do centro, que começou a operar em novembro de 2016. Agora, a expectativa é que a média mensal chegue a 150.

Para dar conta desse movimento, as cirurgias gerais, que costumavam ser encaminhadas ao hospital de Samambaia pelo Corpo de Bombeiros Militar e pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), serão transferidas para o Hospital Regional de Taguatinga. Com a mudança, o aumento da demanda em Taguatinga ficará em cerca de 45 pacientes por mês.

150Estimativa de cirurgias de hérnia e de vesícula que serão feitas por mês no centro de referência do Hospital Regional de Samambaia

Segundo a diretora do Hospital Regional de Samambaia, Luciana de Melo Russo, inicialmente, o centro de referência atenderá apenas essas duas modalidades — hérnia e vesícula — e moradores de Samambaia e de Taguatinga.

“Isso foi possível no hospital de Samambaia exatamente por ele ser pequeno e por não ter outras subespecialidades que concorrem com o centro cirúrgico”, explica. Ela adianta que outras intervenções de baixa e média complexidades serão incluídas.

O atendimento será feito por uma equipe multiprofissional, com cirurgião-geral, cardiologista e anestesista, que deverá ter um nutricionista posteriormente. Coube a esse grupo, por exemplo, definir os exames necessários para cada procedimento e a validade de cada um deles.

Durante a organização do local, foi definido todo o fluxo do paciente, da atenção básica ao pós-operatório. Assim, o usuário da rede pública terá acesso a exames laboratoriais e de risco cirúrgico e consultas.

Para que a unidade de referência se tornasse possível, o hospital passou por adequações no laboratório, na radiologia, no centro cirúrgico, no ambulatório e nas salas de clínica médica. Além disso, o número de leitos de internação foi ampliado de 16 para 20.

Como surgiu a ideia de criar o centro de referência

A diretora Luciana conta que o centro de referência surgiu graças às conclusões de uma dissertação de mestrado, com a participação da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências de Saúde (Fepecs), da Universidade de Brasília (UnB) e de uma universidade da Califórnia.

O trabalho acadêmico mostrou que as cirurgias de hérnia e de vesícula não eram feitas na rede pública de saúde por sempre concorrerem com outras mais graves. “Só se operavam essas pessoas quando elas se tornavam emergência e ingressavam nos hospitais pelo pronto-socorro”, detalha a gestora.

"São cirurgias de baixa e média complexidades, mas que têm um potencial muito grande de se tornarem emergência
"Luciana de Melo Russo, diretora do Hospital Regional de Samambaia

Em Samambaia, a fila reprimida reunia cerca de 450 pessoas antes das primeiras cirurgias em novembro. Segundo Luciana, 7 mil aguardam por esse tipo de intervenção, mas essa relação precisa ser atualizada e unificada. “Não sabemos quantos pacientes estão inseridos em mais de uma fila ou quantos já foram operados como urgência, por exemplo.”

As novas marcações serão por meio das unidades básicas de saúde (UBS) de cada cidade. Tudo isso possibilitará ainda que os pacientes sejam atendidos conforme a classificação de risco, e não pela data em que solicitaram a cirurgia.

Nova unidade aliviará as emergências

De acordo com a diretora do Hospital Regional de Samambaia, tratar casos de hérnia e de vesícula no início evita que eles cheguem aos hospitais de forma mais grave. “São cirurgias de baixa e média complexidades, mas que têm um potencial muito grande de se tornarem uma emergência”, explica Luciana.

Além do conforto e do bem-estar do paciente, o tratamento precoce, aponta ela, representa menos gasto para o Estado. “O tempo de internação é menor.”

O tratamento precoce representa menos gasto para o Estado

Em uma cirurgia eletiva, o tempo que a pessoa fica no hospital varia de 18 a 72 horas. Já na emergência, dependendo do caso, existe a probabilidade de se estender por semanas. “Sem contar que podem ser necessárias outras operações para a reconstrução do trânsito intestinal”, exemplifica a diretora.

Todo o trâmite é repassado em planilha para acompanhamento no Ministério da Saúde, que destina verba específica para essa modalidade.

A pasta federal define como procedimento cirúrgico eletivo aquele feito com base em diagnóstico estabelecido e com possibilidade de agendamento, sem caráter de urgência ou emergência.

EDIÇÃO: RAQUEL FLORES

Após qualificar 1.310 mulheres somente em 2016, o projeto Entrando na Roda é ampliado à Expansão de Samambaia (DF). Implementado pela Casa Azul em 2014, o projeto é destinado especificamente a formação profissional, social e pessoal de mulheres provedoras de seus lares, moradoras das comunidades de Samambaia e do Riacho Fundo II. Para a comunidade da Expansão, serão oferecidas, inicialmente, as oficinas de artesanato, cursos na área de gestão e palestras voltados para o mercado de trabalho. “Meu marido dizia que começaria a fazer bonecas, porque eu estava ficando mais poderosa do que ele. Eu sei que artesanato não enriquece ninguém, mas também não nos deixa passar necessidade”, disse Maria Neta, 63 anos, uma das participantes do projeto em Samambaia Sul.

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sentadas, pessoas em pé e área interna

A cerimônia de recepção das 40 novas participantes do projeto ocorreu nesta terça-feira, dia 06 de junho, com a presença da presidente da Casa Azul, Daise Moisés, o administrador de Samambaia, Paulo Silva, o deputado distrital, Júlio César, o empresário, Claudeci Luarte, a coordenadora do Instituto Bancorbrás, Roberta Abreu, além de convidados e coordenadores de projetos..

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sentadas, tabela e área interna
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e área interna
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sentadas, tabela e área interna
A imagem pode conter: 9 pessoas, área interna
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas em pé e área interna
A imagem pode conter: 14 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, sapatos e área interna

Um dos principais focos é o combate a pontos irregulares de descarte de lixo. Lançamento da ação ocorreu na manhã desta segunda-feira (22), com o governador Rodrigo Rollemberg

SAMIRA PÁDUA, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

Depois de passar por 12 regiões do DF, o programa Cidades Limpas chega a Samambaia. Até 2 de junho, o mutirão com 186 trabalhadores atuará em serviços de limpeza, conservação e revitalização. A 15ª edição da operação coordenada pela Secretaria das Cidades foi lançada na manhã desta segunda-feira (22) pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg.

A imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas em pé
Lançamento do Cidades Limpas em Samambaia ocorreu na manhã desta segunda-feira (22), com o governador Rodrigo Rollemberg. Foto: Dênio Alves

“Samambaia é uma região grande, importante, e agora vai receber essa presença maciça do governo, com todos os órgãos juntos trabalhando em parceria com a comunidade para deixar a cidade cada vez mais bonita e limpa”, disse o governador na solenidade de lançamento das ações.

Um dos principais focos do Cidades Limpas na região é o combate a pontos irregulares de descarte de lixo. Em ação prévia, a administração regional mapeou três locais usados para despejo clandestino de entulho: o Parque Ecológico Gatumé e as áreas verdes das Quadras 608/10 e 217/117. Também foram indicados cerca de 30 locais onde há acúmulo de lixo em menor proporção.

O secretário das Cidades, Marcos Dantas, ressaltou a importância da participação popular. “É preciso depositar lixo no local certo. A população precisa fazer a sua parte.”

Ações ajudam na redução dos casos de dengue

No lançamento em Samambaia, Rollemberg destacou que ações desse tipo têm contribuído para a redução do número de casos de dengue, zika vírus e chikungunya.

“Samambaia é uma região grande, importante, e agora vai receber essa presença maciça do governo, com todos os órgãos juntos trabalhando em parceria com a comunidade para deixar a cidade cada vez mais bonita e limpa”Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

“São doenças perigosas que podem levar até a morte, causam desconforto enorme. Ao mesmo tempo, além desse benefício, a redução significa diminuição na pressão sobre os hospitais”, completou Rollemberg.

O último informativo epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde, em 17 de maio, apontou que o DF identificou 1.928 casos prováveis de dengue. Desse total, 1.653 são de moradores locais, e 275, de outras unidades da Federação.

Os números representam uma queda de 89,05% na incidência da doença em relação ao mesmo período de 2016. No ano passado, foram 17.623 registros.

Mutirão inclui recolhimento de carcaças de automóveis

O último grande mutirão em Samambaia ocorreu em outubro, quando a região foi atingida por forte temporal. No entanto, Rollemberg destacou outras ações do governo de Brasília em Samambaia, como a entrega de dois terminais rodoviários — na QN 527 e na QR 1333 —, a inauguração da sede do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), a abertura cinco creches e a instalação da nova sede do centro de línguas da região, além de obras de drenagem no centro da região.

Leia o pronunciamento do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg.

EDIÇÃO: PAULA OLIVEIRA

 

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé, grama, atividades ao ar livre e natureza
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, céu, sapatos, óculos de sol e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas em pé
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas em pé e fruta

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu, nuvem e atividades ao ar livre

Região administrativa é a décima terceira a receber o programa coordenado pela Secretaria das Cidades. Foco são serviços de limpeza, conservação e revitalização

O programa Cidades Limpas inicia sua 15ª operação, nesta segunda-feira (22/05), em Samambaia. Desta vez, a força-tarefa conta com 186 trabalhadores que realizarão serviços de limpeza, conservação e revitalização que foram apontados pela administração regional como prioritários. O mutirão ficará na cidade até o próximo dia 02 de junho.  

Em Samambaia, um dos principais objetivos será o combate a pontos de descarte de lixo irregulares. Em um trabalho prévio, a administração da cidade mapeou três locais que vem sendo usados para despejo irregular de lixo e entulho: são eles o Parque Ecológico Gatumé e as áreas verdes das quadras 608/10 e 217/117. Também foram indicados cerca de 30 locais onde há acúmulo de lixo em menor proporção.

Outros serviços – A ação em Samambaia também fará o recolhimento de carcaças de automóveis abandonadas pela cidade. Nos últimos dias, a equipe da administração fixou avisos em 20 sucatas abandonadas em áreas públicas e, caso elas não sejam removidas por seus proprietários, serão retiradas pela equipe do Cidades Limpas.   

Além destes serviços, estão programadas ações de troca de lâmpadas, revitalização de faixas de pedestres, pintura de quebra-molas e meio fios, limpeza e desobstrução de bocas de lobo. Também haverá podas de árvore, roçagem de áreas verdes e ações de tapa-buraco. O mutirão inclui ainda serviços da Polícia Civil para emissão da carteira de identidade e manejo ambiental para o combate ao mosquito Aedes aegypti — transmissor da dengue, da chikungunya e do zika vírus.

Além da Secretaria das Cidades e da Administração Regional de Samambaia, participam desta força-tarefa a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), o Corpo de Bombeiros Militar, a Defesa Civil, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), a Polícia Civil, a Companhia Energética de Brasília (CEB), a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb), a Polícia Militar do DF, a Subsecretaria de Vigilância em Saúde e a Agência de Fiscalização do DF (Agefis).

Lançado em novembro do ano passado, o programa Cidades Limpas já passou por 12 cidades: Gama, Itapoã, Paranoá, Estrutural, Planaltina, São Sebastião, Brazlândia (duas vezes), Ceilândia (duas vezes), Sobradinho, Sobradinho II, Fercal e Vila Planalto.

O que: Lançamento da 15ª operação do programa Cidades Limpas
Quando: 22/05, às 8h30
Local: quadra 302, lateral da Caesb, centro urbano
Mais informações: Érica Montenegro 99102 9570 ou Ádamo Araújo 98411 8512 – Ascom da Secretaria das Cidades  

 

A imagem pode conter: céu, árvore, carro e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: árvore, céu, planta, atividades ao ar livre e natureza
A imagem pode conter: noite, céu, carro e atividades ao ar livre

 

O Projeto “Cinema é pra Você, Sim!” é de autoria do Ministério da Cultura, em parceria com a Caixa Seguradora, e conta com o apoio da Administração Regional de Samambaia.


Mais uma etapa do projeto CINEMA É PRA VOCÊ, SIM!, que leva o cinema, cultura, arte e alegria para famílias residentes em mais 35 cidades da região Centro-Oeste. É uma carreta que se transforma em uma grande sala de cinema. Serão 180 dias de viagem e mais de 12.000 km a serem percorridos levando a magia do cinema para pertinho de você e de sua família. A carreta ficará na Praça do Cidadão, Quadra 519 – Samambaia Sul.

A carreta onde funciona o cinema itinerante tem capacidade para receber 80 pessoas, além de ter adaptação para portadores de necessidades especiais. Os ingressos são distribuídos de forma gratuita e são servidos pipoca e refrigerante para os presentes.

Data: 18 a 20 e Maio de 2017
Hora: Sessões sempre às 08h, 10h, 14h, 16h e 19h
Local: Praça do Cidadão, Quadra 519 – Samambaia Sul
Classificação Indicativa: Livre
Ingressos: Gratuito

Participe! Venha embarcar nesta aventura e bom filme!

 

EM CARTAZ 

Zootopia
Animação, Infantil

País: Estados Unidos (2016)
Classificação: livre
Duração: 100 min.
Direção: Byron Howard
Roteiro: Jared Bush
Elenco: Ginnifer Goodwin, Jason Bateman, Idris Elba e JK Simons

Contexto que serve à história de Judy Hopps, uma coelha fofa do interior que sonha em ser policial, mas não é levada a sério por leões, ursos, rinocerontes e outros gigantes da natureza, considerados mais capazes para o trabalho. Ao se mudar para Zootopia, ela aprende que a cidade grande pode ser civilizada e repleta de oportunidades, mas também está cheia de preconceitos, incluindo os dela mesma. Judy tenta superar a sua intolerância com raposas (predador dos coelhos) desde o seu primeiro encontro com Nick Wilde. Ele, porém, abraçou o papel estabelecido pela sociedade, com golpes espalhados por todos os cantos da cidade.

 


Vai que Cola – O Filme
Comédia

País: Brasil (2015)
Classificação: 14 anos
Duração: 104 min.
Direção: César Rodrigues
Roteiro: Luiz Noronha e Leandro Soares
Elenco: Paulo Gustavo, Marcus Majella, Catarina Abdalla.

Após ser vítima de um golpe que roubou todo seu dinheiro, Valdomiro (Paulo Gustavo) se muda para a pensão da Dona Jô (Catarina Abdalla) no Méier, bairro localizado no subúrbio do Rio de Janeiro, onde pretende escapar da polícia. Para sobreviver, ele passa a vender quentinhas pelas redondezas. A situação muda mais uma vez quando Andrade (Márcio Kieling), seu ex-sócio, consegue fazer com que Valdomiro recupere sua cobertura no Leblon. Mas há um problema: como a pensão foi interditada pela Defesa Civil, Dona Jô e os demais moradores se mudam para a casa de Valdomiro.

 

Carrossel 2 – O sumiço de Maria Joaquina
Família

País: Brasil (2016)
Classificação: livre
Duração: 80 min.
Direção: Mauricio Eça
Roteiro: Alexandre Boury, Mauricio Eça
Elenco: Ana Victória Zimmermann, Aysha Benelli, Esther Marcos, Fernanda Concon, Guilherme Seta, Gustavo Daneluz, Jean Paulo Campos, Konstantino Atan, Larissa Manoela, Léo Belmonte, Lucas Santos, Maisa Silva, Matheus Ueta, Nicholas Torres, Stefany Vaz e Thomaz Costa.
Em Carrossel 2: O Sumiço de Maria Joaquina, os malvados vilões Gonzales e Gonzalito saíram da prisão e resolveram colocar seu plano de vingança em prática. Para isso, eles pegaram Maria Joaquina e disseram que só vão devolvê-la se as crianças conseguirem passar por diferentes e perigosas provas criadas por eles mesmos. E não vai ter moleza! Para encarar essas provas, os alunos da escola Mundial terão de se mostrar muito espertos para desvendar charadas, muito preparados fisicamente para vencer os desafios mais absurdos e muito criativos para encontrar a saída a todo tipo de enrascada. Será que eles irão conseguir vencer as provas e salvar Maria Joaquina? Mais do que isso: será que eles vão querer salva-la?

 


Capitão América Guerra Civil – 3D
Ação

País: Estados Unidos (2015)
Classificação: 12 anos
Duração: 91 min.
Direção: Joe e Anthony Russo
Roteiro: Christopher Markus e Stephen McFeely
Elenco: Chris Evans, Robert Downey Jr., Chadwick Boseman e Elizabeth Olsen
“Capitão América: Guerra Civil encontra Steve Rogers  liderando o recém-formado time de Vingadores em seus esforços continuados para proteger a humanidade. Mas, depois que um novo incidente envolvendo os Vingadores resulta num dano colateral, a pressão política se levanta para instaurar um sistema de contagem liderado por um órgão governamental para supervisionar e dirigir a equipe.

 


Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros
Aventura, Ação, Ficção científica

País: Estados Unidos (2015)
Classificação: 12 anos
Duração: 124 min
Direção: Colin Trevorrow
Roteiro: Rick Jaffa, Amanda Silver, Colin Trevorrow, Derek Connolly, Michael Crichton.
Elenco: Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Nick Robinson.

O Jurassic Park, localizado na ilha Nublar, enfim está aberto ao público. Com isso, as pessoas podem conferir shows acrobáticos com dinossauros e até mesmo fazer passeios bem perto deles, já que agora estão domesticados. Entretanto, a equipe chefiada pela doutora Claire (Bryce Dallas Howard) passa a fazer experiências genéticas com estes seres, de forma a criar novas espécies. Uma delas logo adquire inteligência bem mais alta, logo se tornando uma grande ameaça para a existência humana.


X-Men Apocalipse – 3D
Ação, Ficção

País: Estados Unidos (2015)
Classificação: 12 anos
Duração: 142 min.
Direção: Bryan Singer
Roteiro: Joss Whedon
Elenco: Michael Fassbender, Jennifer Lawrence, James McAvoy

“Desde o início da civilização, ele é adorado como um deus. Apocalypse, o primeiro e mais poderoso mutante do universo X-Men da Marvel, acumulou os poderes de muitos outros mutantes, tornando-se imortal e invencível. Ao acordar depois de milhares de anos, ele está desiludido com o mundo em que se encontra e recruta uma equipe de mutantes poderosos, incluindo um Magneto desanimado (Michael Fassbender), para purificar a humanidade e criar uma nova ordem mundial, a qual ele reinará. Como o destino da Terra está por um fio, Mística (Jennifer Lawrence) , com a ajuda do Professor X (James McAvoy), deverá levar uma equipe de jovens X-Men para conter o seu maior inimigo e salvar a humanidade da completa destruição.”

 


O Bom Dinossauro
Animação

País: Estados Unidos (2015)
Classificação: livre
Duração: 100 min.
Direção: Peter Sohn
Roteiro: Meg LeFauve, Roteiro Josh Cooley, Roteiro Pete Docter.
Elenco:Raymond Ochoa, Frances McDormand e Jeffrey Wright
E se o asteroide que mudou para sempre a vida na Terra não tivesse atingido o planeta e os dinossauros nunca tivessem sido extintos? A Disney/Pixar, leva você para uma aventura nada jurássica no mundo dos dinossauros onde conheceremos Arlo, e seu novo amigo Spot, um humano. Juntos eles descobrirão o valor da amizade em uma jornada repleta ação e humor.

 


Alice através do espelho
Fantasia, comédia

País: Estados Unidos (2015)
Classificação: livre
Duração: 100 min.
Direção: James Bobin
Roteiro: Chris Weitz
Elenco: Johnny Depp, Anne Hathaway, Helena Bonham Carter e Mia Wasikowska.
Alice (Mia Wasikowska) retorna após uma longa viagem pelo mundo, e reencontra a mãe. No casarão de uma grande festa, ela percebe a presença de um espelho mágico. A jovem atravessa o objeto e retorna ao País das Maravilhas, onde descobre que o Chapeleiro Maluco (Johnny Depp) corre risco de morte após fazer uma descoberta sobre seu passado. Para salvar o amigo, Alice deve conversar com o Tempo (Sacha Baron Cohen) para voltar às vésperas de um evento traumático e mudar o destino do Chapeleiro. Nesta aventura, também descobre um trauma que separou as irmãs Rainha Branca (Anne Hathaway) e Rainha Vermelha (Helena Bonham Carter).

Assinatura de portaria conjunta e do plano de gestão ocorreu nesta segunda (15), em Samambaia, com plantio de mudas. Iniciativa prestará atendimento pedagógico a escolas que tenham o regime de educação integral. Objetivo é alcançar 25 mil alunos do ensino fundamental

GUILHERME PERA E CÉSAR FILHO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

As Secretarias de Educação do Meio Ambiente assinaram portaria conjunta e o plano de gestão — este, em parceria com o Instituto Brasília Ambiental (Ibram) — do projeto Parque Educador. A cerimônia marcou a retomada do programa lançado em 2015, mas que não tinha avançado por dificuldades operacionais, solucionadas agora com o plano.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas, tabela e área interna
Os secretários de Educação, Júlio Gregório Filho, e do Meio Ambiente, Andre Lima, assinam a portaria conjunta e o plano de gestão do programa Parque Educador. Foto: Dênio Alves.

A solenidade ocorreu nesta segunda-feira (15) no Parque Três Meninas, em Samambaia, um dos quatro contemplados na iniciativa.

O Parque Educador consiste em promover atendimento pedagógico para alunos da rede pública em unidades de conservação. A lista inclui ainda o Parque Saburo Onoyama, em Taguatinga, o Parque Ecológico de Águas Claras e o Parque Sucupira, este com a Estação Ecológica de Águas Emendadas, em Planaltina.

O objetivo é atender cerca de 25 mil estudantes por ano. A ação de hoje está inserida nas comemorações dos 10 anos do Ibram, autarquia do governo de Brasília responsável pela manutenção dos parques. “Só cuidamos daquilo que amamos e só amamos aquilo que conhecemos”, disse a presidente do Ibram, Jane Vilas Bôas.

"Só cuidamos daquilo que amamos e só amamos aquilo que conhecemos"Jane Vilas Bôas, presidente do Ibram

A posição de Jane é compartilhada pelos secretários de Educação, Júlio Gregório Filho, e do Meio Ambiente, André Lima. “É mais fácil aprender sobre plantas e animais indo aos parques do que olhando para um quadro negro”, disse Gregório Filho. “Os parques não são só da Secretaria do Meio Ambiente ou do Ibram, mas de todos, e é isso que queremos mostrar”, emendou Lima.

O Parque Educador integra o programa Brasília nos Parques, criado pelo Decreto nº 37.115, de 15 de fevereiro de 2016, que tem por finalidade aprimorar o uso público dos parques e unidades de conservação distritais, coordenando os esforços dos diversos órgãos e entidades do Distrito Federal.

Seleção de professores e escolas do programa Parque Educador

Oito professores vão atuar no programa. Eles vão passar por processo seletivo, em junho, e por curso de formação. Serão quatro duplas, uma para cada parque, que começam a atuar em agosto.

25 milEstimativa da quantidade de alunos a serem atendidos pelo projeto Parque Educador

Ainda não estão definidas todas as unidades de ensino participantes. Em princípio, são as próximas dos parques, como o Centro de Ensino Fundamental 411, de Samambaia, representado na solenidade desta segunda (15).

Nas três primeiras semanas de cada mês, apenas essas escolas terão acesso. Na quarta semana, ele será ampliado a todas as unidades de ensino fundamental da rede pública, mediante agendamento virtual.

Entrega de equipamentos a escolas como compensação ambiental

Na solenidade de hoje, a Urbanizadora Paranoazinho doou R$ 33 mil em equipamentos, como computadores, mesas e cadeiras. Os recursos materiais vão ser utilizados na Estação Ecológica de Águas Emendadas, em Planaltina.

A entrega faz parte de acordo firmado entre a empresa e o Ibram como parte da compensação florestal do Grande Colorado, estabelecida em R$ 400 mil. Metade desses recursos será destinada para projetos socioambientais, e os outros 50%, a replantio de árvores.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé, filho, árvore, atividades ao ar livre e natureza
 Foto: Dênio Alves

As seis primeiras mudas foram plantadas no Três Meninas. Uma delas foi a de João Vitor de Melo Silva, de 11 anos. “Esse projeto é legal porque vai nos trazer para o parque. Meu pai é dono de chácara, e eu sempre plantei, então estou no lugar certo”, disse o garoto.

Ibram completa 10 anos em 28 de maio

Em 28 de maio, o Instituto Brasília Ambiental (Ibram) completa 10 anos. Para comemorá-los, a autarquia preparou uma programação especial no mês.

Nesta terça (16), na AgroBrasília, às 8 horas, será aberta uma exposição sobre a história, as funções e as principais ações promovidas pelo Ibram, com foco na área rural. A mostra poderá ser vista até sábado (20), quando acaba a feira, que vai ocorrer no Parque Ivaldo Cenci (PAD-DF, BR-251, km 5).

De 22 a 25 de maio, a exposição percorrerá quatro parques ecológicos: Parque Ecológico Dom Bosco (Lago Sul), Parque Ecológico dos Jequitibás (Sobradinho), Parque Ecológico Ezechias Heringer (Guará) e Parque Ecológico de Águas Claras (Águas Claras).

No domingo (21), haverá a 4ª Caminhada nos Parques do DF, a partir das 8 horas. Serão percursos simultâneos, com três horas de duração, em 15 unidades de conservação (veja a lista abaixo). O passeio contará com guias do Grupo de Caminhadas Brasília.

Em 27 de maio, está prevista a inauguração do Parque Ecológico do Gama, às 9 horas. No dia 30, no Riacho Fundo I, serão entregues cartilhas de construção coletiva de educação ambiental, também às 9 horas.

No último dia de maio (31), às 9 horas, no Parque do Cortado, em Taguatinga, será lançado o edital com termo de colaboração com entidades sem fins lucrativos, para o funcionamento do hospital veterinário.

Instituto Brasília Ambiental é responsável pela política de meio ambiente

Criado por meio da Lei nº 3.984, a missão primordial do Ibram é a de executar e fazer executar as políticas de meio ambiente e de recursos hídricos do Distrito Federal, bem como controlar e fiscalizar o seu manejo.

Além de promover a educação ambiental — como no caso do projeto Parque Educador —, constam entre as atribuições do instituto a gestão de mais de 90 unidades de conservação, a fiscalização ambiental de todo o território do DF, o monitoramento da fauna, da qualidade do ar, de nascentes, e o licenciamento de empreendimentos e atividades utilizadoras de recursos ambientais, considerados efetiva ou potencialmente poluidores.

Data: 15 de maio de 2017
Hora: 8h30
Local: Parque três meninas – Samambaia/DF.

Entrega dos documentos foi feita pelo governador Rodrigo Rollemberg na noite desta terça-feira (9). Desde 2015, 56 templos foram beneficiados em Brasília

VINÍCIUS BRANDÃO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

Diretamente das mãos do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, e do presidente da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap), Júlio César Reis, o pastor Rinaldo Alves recebeu as escrituras que regularizam dois terrenos da Igreja Assembleia de Deus do Planalto Central, em Samambaia.

O pastor Rinaldo Alves recebeu das mão do governador Rodrigo Rollemberg as escrituras que regularizam dois terrenos da Igreja Assembleia de Deus do Planalto Central.
O pastor Rinaldo Alves recebeu das mãos do governador Rodrigo Rollemberg as escrituras que regularizam dois terrenos da Igreja Assembleia de Deus do Planalto Central. Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

A cerimônia ocorreu na noite desta terça-feira (9), no templo da QS 107, Conjunto 5, Lote 1, da região administrativa.

Durante o evento, Rollemberg discursou sobre a prioridade do governo em regularizar lotes e terrenos no Distrito Federal. “Da mesma forma que estamos entregando escrituras para as igrejas, estamos entregando para pessoas. São mais de 26 mil [documentos entregues] no nosso governo”, disse.

Ele reforçou o compromisso de sua administração com a legalidade. “Tenho convicção que uma cidade melhor é também uma cidade regularizada e legalizada. Ficamos muito felizes ao ver uma luta de muitos anos de igrejas que querem ter segurança jurídica para exercer atividades tão importantes para a sociedade.”

"Ficamos muito felizes ao ver uma luta de muitos anos de igrejas que querem ter segurança jurídica para exercer atividades tão importantes para a sociedade"Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Em agradecimento, o pastor Alves falou para os fiéis e para as autoridades presentes. “Nesta noite, estamos felizes e maravilhados. Agora estamos recebendo as escrituras e entrando na legalidade depois de 25 anos de espera.”

Júlio César reforçou a importância da regularização de templos religiosos. “Nós, homens públicos, construímos as cidades, mas vocês constroem a espiritualidade do homem e fazem a diferença para a comunidade. Essas escrituras possibilitam que vocês continuem com segurança jurídica para desenvolver esse trabalho tão bonito.”

“Nossa vida espiritual e religiosa é muito importante. As igrejas precisam ter a garantia do Estado de que não serão molestadas”, explicou o secretário das Cidades, Marcos Dantas, que também participou da cerimônia.

Para atender a demandas com mais de 20 anos de instituições religiosas e de assistência social, o governo de Brasília usa a Lei Complementar 806, de 2009, como parâmetro para regularizar terrenos de templos ocupados antes de 31 de dezembro de 2006. Desde 2015, 56 escrituras foram entregues em Brasília.

EDIÇÃO: VANNILDO MENDES

A nova estrutura fica na área especial da QN 527 e vai beneficiar 53 mil pessoas. A inauguração ocorreu nesta sexta-feira (21) e foi conduzida pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg

MARIANA DAMACENO E AMANDA MARTIMON, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

Samambaia agora tem dois terminais rodoviários. O governador Rodrigo Rollemberg inaugurou nesta sexta-feira (21) a segunda unidade na região administrativa, desta vez em Samambaia Sul, na Área Especial da QN 527.

A imagem pode conter: 13 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Terminal rodoviário de Samambaia, na QN 527, foi inaugurado na manhã desta sexta-feira (21). Foto: Dênio Alves

Antes, os ônibus ficavam em terreno de terra, na QN 327/ QR 327, cedido pela administração regional. O espaço era apenas um ponto de soltura, com estrutura mínima, sem asfalto ou construções para vigilância e limpeza, por exemplo.

“Este é um presente para Samambaia no dia do aniversário de Brasília, com o apoio das lideranças comunitárias. O terminal é mais uma obra de um conjunto de melhorias que já fizemos e de outras que ainda vamos inaugurar”, disse o chefe do Executivo local.

O governador também explicou que, em breve, serão implementadas outras medidas para melhorar a qualidade, o conforto e a segurança dos passageiros e dos trabalhadores do transporte coletivo do DF, como o Bilhete Único, a biometria facial e o GPS dentro dos ônibus.

A obra teve investimento de R$ 6.523.980,57, financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e o novo terminal vai beneficiar 53 mil pessoas, segundo a Secretaria de Mobilidade. O terminal de Samambaia Sul é o 16º inaugurado por esta gestão.

“Este é um presente para Samambaia no dia do aniversário de Brasília, com o apoio das lideranças comunitárias. O terminal é mais uma obra de um conjunto de melhorias que já fizemos e de outras que ainda vamos inaugurar”Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

No terreno de 15.623 metros quadrados, foram instalados 16 boxes para ônibus, 70 pontos de estocagem, 29 vagas de estacionamento e 4 paraciclos (suporte para bicicletas) com cinco vagas cada um. Há ainda banheiros com acessibilidade, uma lanchonete e cinco salas administrativas.

Vinte e nove linhas e 135 veículos vão atender a população da região partindo ou chegando no terminal. De segunda a sexta-feira, serão feitas 867 viagens, 514 aos sábados e 379 aos domingos.

Entre os destinos estão a Rodoviária do Plano Piloto, as Vias W3 Sul e Norte, o Setor O, o Guará, Taguatinga Centro e o Setor de Indústria e Abastecimento (SIA).

A entrega faz parte do Programa de Transporte Urbano do Circula Brasília, o primeiro voltado para o setor no DF. Outros dois terminais serão reformados: o de Planaltina, em obra e previsto para o segundo semestre de 2017, e o de Sobradinho, com obras previstas para este ano.

Também foram reformadas ou construídas as plataformas do P Sul, na Ceilândia, do Guará I e do Guará II, do Paranoá, do Recanto das Emas (duas estações), do Cruzeiro, de Taguatinga Sul e da M Norte, também em Taguatinga, de Samambaia Norte e do Núcleo Bandeirante. Em 2015, houve quatro inaugurações: CeilândiaGamaRiacho Fundo II e Sobradinho II.

Terminal faz parte de um conjunto de obras para melhorar qualidade de vida em Samambaia

Na cerimônia desta manhã, o governador listou outras obras entregues à população de Samambaia desde 2015, como a drenagem de águas pluviais no centro da região, o terminal de Samambaia Norte (inaugurado em janeiro deste ano), cinco creches, o novo prédio do Centro Interescolar de Línguas, o Centro de Referência de Assistência Social e quatro escolas reformadas. Além disso, estão em construção na região uma unidade básica de saúde e um complexo cultural.

Leia o pronunciamento do governador Rodrigo Rollemberg na inauguração do segundo terminal rodoviário de Samambaia.

EDIÇÃO: PAULA OLIVEIRA

A imagem pode conter: atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, sapatos, terno e atividades ao ar livreA imagem pode conter: 10 pessoas, pessoas em pé e sapatos
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em péA imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé e óculos de sol
A imagem pode conter: 13 pessoas, pessoas em pé e sapatosA imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas em pé e listras
A imagem pode conter: 15 pessoas, multidãoA imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sentadas e listrasA imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé

 Exibindo d - Paixão.jpg

(Brasília, 12/4/2017) – Com quase 20 anos de história, a comunidade de Samambaia poderá prestigiar a 19ª Paixão do Cristo Negro. O espetáculo se concentrará na Quadra 302, em frente à Igreja da Barca (Igreja Santa Luzia) às 17 horas, culminando na Quadra 102, próximo à estação do Metrô, onde ocorre a encenação da paixão e morte de Jesus Cristo.

Todo trabalho é voluntário e com grande participação da comunidade: são dezenas de colaboradores que encenam a Paixão de Cristo, de um ponto de vista mais atual visando contribuir com a identidade cultural da comunidade.

Os ensaios foram realizados todos os sábados e domingos no Centro de Ensino Médio – CEM 304, e a Administração Regional de Samambaia colaborou com a organização e a estrutura do espetáculo, providenciando a montagem do cenário, iluminação pública, além de limpeza do local para que o tradicional espetáculo popular da região.

 

 

Serviço

Evento: 19ª edição Paixão do Cristo Negro em Samambaia/DF
Data: Sexta, 14/04/2017, 17h.

Local: Concentração de atores e público na QD 302 (estacionamento da Igreja da barca). Segue caminhada até a QD 102, para a paixão e morte de C

Fotos: Élton Skartazini

 

 

Exibindo e - Morte.jpg
Exibindo b - Apóstolos a postos.JPG
Exibindo g - Colaboradores voluntários.jpg

 

A Companhia de Saneamento Ambiental do DF – CAESB – informa que a obra de conclusão do esgoto da expansão da Samambaia já se encontra contratada, uma vez que a ordem de serviço foi emitida em janeiro.

Desde então, já foi iniciada a obra com aquisição de materiais, medições topográficas, etc.

Com o reestudo atual desse processo, a elevatória de esgotos será substituída um "sifão invertido", que apresenta vantagens como maior confiabilidade de funcionamento e menores gastos de energia. 

A previsão de conclusão das obras está prevista para setembro deste ano.

 

A imagem pode conter: céu, planta, árvore e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: planta, árvore e atividades ao ar livre
Exibindo IMG-20170411-WA0034.jpg
Exibindo IMG-20170411-WA0040.jpg

Administração Regional de Samambaia, em parceria com a Agefis, iníciou a operação de retirada de propagandas irregulares em Samambaia. Foram retiradas cerca de 300 (trezentas) faixas das principais vias da região administrativa. (RA XII).

O intuito da administração regional é deixar as regiões limpas e livres da poluição visual. A fiscalização e o recolhimento de propagandas irregulares estão ocorrendo de forma aleatória nos comércios, avenidas e residências de Samambaia.

Os trabalhos de combate às retiradas de faixas devem continuar sempre que possível. “A operação com a Agefis é de suma importância para mantermos Samambaia sempre limpa, sem aspecto de poluição”.

Exibindo IMG-20170331-WA0040.jpg
Exibindo IMG-20170331-WA0041.jpg

Atendendo a demanda da população a Administração Regional de Samambaia, instalou nos últimos 30 dias, 72 (setenta e dois) ondulações transversais (quebra-molas) em diversas quadras da cidade.
Popularmente conhecidos com quebra-molas, os redutores de velocidade foram devidamente autorizados pelo Detran-DF, atendendo suas especificações técnicas.

Os moradores podem requisitar os quebra-molas através de ofício dirigido a Coordenadoria de Licenciamento e Obras – COLIC – desta administração, que reecaminha ao DETRAN/DF.

Telefone: 3359-9319

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre

 

A imagem pode conter: pessoas em pé, céu, nuvem e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: atividades ao ar livre
A imagem pode conter: atividades ao ar livre
 

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Nos dias 7 e 8 de abril, Samambaia sedia o primeiro DFTV Cidadão de 2017. A iniciativa da Globo com o Sesc-DF, leva atividades voltadas à educação, saúde, esporte, lazer e cultura para os moradores.

O projeto terá novidades na programação. Haverá emissão de RG, consultoria para pequenos e micro empreendedores com o Sebrae e oficina de bicicleta com dicas de manutenção e segurança com a ONG Rodas da Paz.

Nas tendas de educação em saúde, a comunidade pode tirar dúvidas sobre estilo de vida saudável e receber dicas de nutrição. Para equilibrar o orçamento doméstico, a jornalista Mônica Carvalho dará palestra sobre educação financeira, em parceria com o Serasa. Para quem quiser consultar o cadastro positivo, é só levar um documento de identificação.

O DFTV Cidadão terá ainda oficinas de artesanato, atividades físicas, apresentações artísticas e brincadeiras para as crianças. No sábado, show com a dupla Roni e Ricardo.

SERVIÇO:
DFTV Cidadão Samambaia
Data: 7 e 8 de abril
Horário: 9h às 16h
Local: QN 317, área especial 3 (em frente à Escola Classe 317)

 
PROGRAMAÇÃO SESC
Saúde/Ciências e Sustentabilidade: Circuito Água como fonte de vida, perigo, doenças e preservação.
Nutrição: Distribuição de Pipoca e Picolé
Recreação: Oficina de musicalização, jogos de mesas, brinquedos infláveis, pedal Kart e pinguepongue?????
DFE: Avaliação Física, Jump e ????
Escovódromo: Orientações com escovação sobre saúde bucal.
BiblioSESC: exposição para leitura de revistas, jornais e gibis. – GIBiteca
Assistência: oficinas de trabalhos manuais.
Casa do Ceará: Corte de cabelos e Massagem relaxante
Matrícula: divulgação dos serviços.
 
PROGRAMAÇÃO REDE GLOBO
Faça você mesmo – Oficina de brinquedos
Inclusão Digital – Acesso a internet e jogos.
Redação Móvel – Sugestão da comunidade para pautas de jornalismo.
Serasa – Palestra sobre educação financeira
 
Programação do palco – sexta (07/04)

09:00 – Abertura do evento com a Orquestra Casa Azul
09:30 – Apresentações de dança – Grupos Locais
10:00 – Apresentação do mágico Daniel Duarte
10:30 – Grupo teatral Mamulengo Fuzuê
11:00 – Grupo teatral Mamulengo Fuzuê
12:00 – Grupo de percussão ASCABUM
12;30 – Banda The Verse
14:30 – Apresentações de dança – Grupos Locais
15:00 – Apresentação do mágico Daniel Duarte

Programação do palco – sábado (08/04)

09:00 – Abertura do evento com a Orquestra Casa Azul
09:30 – Apresentações de dança – Grupos Locais e SESC
10:00 – Grupo teatral Mamulengo Fuzuê
10:30 – Apresentação do mágico Daniel Duarte
11:00 – Cantor Jad Telles
11;30 –Denilson Bhastos
12:00 – Grupo de percussão ASCABUM
12;30 – Quadrilha Junina Pimba
13;00 – Banda DF 130-2
14:00 – Passagem de Som
15:00 – Show Musical Sertanejo Rony & Ricardo

 

A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e barba

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (CODHAB-DF) entregou, nesta quinta-feira (30), às 9h30, em Samambaia, 60 unidades habitacionais do eixo Morar Bem do programa Habita Brasília.

Os apartamentos do Residencial Marina Matos têm entre 43 e 46 m², com dois quartos, uma vaga na garagem, área de serviço e piso em cerâmica. O valor dos imóveis é de R$ 125 mil, mais o valor do terreno que será dividido entre todos os moradores do prédio.

Os empreendimentos vão atender aos habilitados da lista da Codhab das Faixas 2, 3 e 4, que têm renda familiar de R$ 1.600,01 até 12 salários mínimos. O eixo Morar Bem é a modalidade do programa Habita Brasília que produz unidades habitacionais em áreas urbanas, com recursos do Minha Casa Minha Vida. A atual gestão, com essa última entrega, vai bater a marca de 11.054 unidades disponibilizadas.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em péA imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas em pé e casamento
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas em pé e área internaA imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas em pé
A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas em péA imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé, terno e barba
A imagem pode conter: nuvem, céu e atividades ao ar livre

Exibindo Arte_Site_RA.png

Já pensou em poder afirmar aos seus filhos, parentes e amigos que fez parte da transformação da orla do Lago Paranoá? É isso que o governo de Brasília espera, e para isso tem buscado criar ferramentas de participação popular que democratizem todo o processo de revitalização da margem do lago. Desde o início, o projeto Orla Livre tem se baseado em conversas com a comunidade. Já foram realizadas uma enquete e uma consulta pública online para a população opinar sobre como o local deve ser revitalizado. Agora, o formato de interação será presencial e você pode fazer parte desse marco histórico. 

O objetivo é debater amplamente os temas que envolvem a revitalização da Orla Livre e formular o Termo de Referência que será a base para a apresentação de projetos de intervenção nos espaços públicos. O termo de referência reúne diretrizes ambientais, urbanísticas e de mobilidade, que precisam ser seguidas por quem se inscrever no concurso. A participação dos brasilienses e de especialistas no processo é essencial, pois as contribuições serão analisadas para adequar o termo antes do edital ser publicado. 

Por isso, o Governo de Brasília convida todos os líderes comunitários e a sociedade em geral para participarem das Reuniões Públicas que irão tratar e debater o Termo de Referência do edital para o Concurso Público Internacional. É por meio desse modelo que será selecionado o melhor projeto de urbanismo e paisagismo – o Masterplan – para o Orla Livre. Esta é mais uma etapa para a transformação da orla, mais moderna, mais democrática e mais sustentável. 

A primeira Reunião Pública debaterá o tema a “Orla e o Meio Ambiente” no dia 23 de março. Será apresentado um planejamento para o futuro, que vai orientar a preservação, a educação ambiental, a proteção do lago como manancial e garantir cidadania à população. 

O tema do segundo encontro, no dia 30 de março, será a “Orla na Cidade”. Serão abordados aspectos paisagísticos, urbanísticos e de mobiliário urbano, entre outros.

Já no dia 6 de abril, será debatida com a sociedade a “Orla integrada”, que vai tratar sobre questões de mobilidade, cultura, esporte, turismo e lazer. 

Os encontros ocorrerão sempre às quintas-feiras, a partir das 19h, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. 

Quer saber mais sobre o projeto? Acesse www.orlalivre.df.gov.br

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
Considerado um dos maiores eventos do calendário brasiliense voltado para o setor, o Salão do Artesanato está de volta na sua nona edição, teve inicio nesta quarta-feira (29) no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek, até domingo (2 de abril), com entrada franca e expectativa de público para mais de 60 mil pessoas.
Além da exposição e comercialização de produtos, haverá oficinas, opções gastronômicas locais e shows de música/apresentações artísticas que ocorrerão a partir das 21 horas.
Completa o grupo de mestres a artesã Cleziânia Ribeiro de Lima Paiva, de 38 anos. A matéria-prima é a cerâmica, com a qual retrata temas do cotidiano, especialmente do meio rural.
Os artesãos de Brasília também vão expor na área reservada para o Programa do Artesanato Brasileiro e no setor montado em parceria com as regiões administrativas do Distrito Federal. O stand de Samambaia conta com 08(oito) artesãos da cidade.
9º Salão do Artesanato

A imagem pode conter: 2 pessoas, área interna
De 29 de março a 2 de abril (de quarta-feira a domingo)
De quarta a sexta-feira, das 16 às 22 horas
Sábado e domingo, das 11 às 22 horas
No Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade
Entrada franca

 

Nenhum texto alternativo automático disponível.A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 1 pessoaNenhum texto alternativo automático disponível.
A imagem pode conter: 1 pessoaA imagem pode conter: área interna
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em péA imagem pode conter: 2 pessoas, comida e área interna
Nenhum texto alternativo automático disponível.A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e área interna
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas, comida e área internaA imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e área interna
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e área internaNenhum texto alternativo automático disponível.
Foto: Dènio Alves
Exibindo Grupo Transoções - Crédito DexterOkz.jpg
# Dirigido e idealizado pelo bailarino Lehandro Lira, projeto é patrocinado pelo Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC/DF)# Última apresentação acontecerá em Ceilândia

Sucesso de público em Planaltina/DF, o espetáculo de dança “As Faces de Um Povo Centenário”, da Transições Cia de Dança, desembarca em Samambaia no dia 1 de abril para expandir a história da “cidade-mãe”. O projeto é dirigido pelo bailarino Lehandro Lira e patrocinado pelo Fundo de Apoio à Cultura (FAC). Ao todo, serão duas sessões com entrada franca. 
O público samambaiense vai conhecer um pouco da trajetória dos povos da região mais antiga do Distrito Federal, Planaltina, por isso intitulada “cidade-mãe”. A história será contada por meio de coreografias que mesclam danças urbanas, danças populares e danças clássicas.
Entre os principais ritmos destacam-se Brasilidade, que mostra uma linguagem direta das manifestações populares nordestinas e Transições, que leva o nome do grupo com o objetivo de mostrar o encontro de cada bailarino com seus conflitos internos. “Estamos felizes em disseminar a cultura histórica de Planaltina para Samambaia e Ceilândia, as pessoas precisam conhecer um pouco da nossa origem”, exalta o diretor Lehandro Lira. 
Para ele, existe um grande potencial cultural das outras regiões que precisa ser trabalhado. “Temos grupos e projetos culturais expalhados por todo o DF que as pessoas não conhecem simplesmente por algumas regiões só serem lembradas pela violência. Precisamos mudar essa realidade”, revela. Para ele, a cultura serve como esperança para que crianças e jovens ganhem confiança em seus respectivos projetos de vida.
E não é de hoje que o diretor, juntamente com o grupo, trabalha com grandes projetos na capital federal. Em 2014, eles ganharam notoriedade em todo o Distrito Federal com o I Festival de Dança de Planaltina que destacou como tema a Pedra Fundamental. Na ocasião, o grupo enfrentou dificuldades para realização como a falta de recursos financeiros, o que serviu de motivação para o bailarino. O sucesso do evento fez com que ele enxergasse um grande potencial cultural no local. Foi aí que ele fundou a Transições Companhia de Dança e Artes.
Atualmente o grupo é composto por bailarinos residentes do local e de outras regiões administrativas do Distrito Federal. “Transições nada mais é que o firmamento da rigidez à elasticidade, do simplório ao complexado, da estabilidade à fragilidade, do interno ao periférico”, define Lira.
A fim de expandir esta cultura local, os dançarinos irão levar o espetáculo de dança “As Faces de Um Povo Centenário” a outras regiões administrativas do DF, entre elas Ceilândia e Samambaia.

Transições Itinerante
A família Transições tem marcado presença em eventos sociais de Brasília e fora dela, mesmo diante das dificuldades financeiras. Entre os principais estão: a Virada da Dança, realizado pelo movimento “Mexa-se, Brasília tem Dança”, na Câmara Legislativa, juntamente com a Secretaria de Cultura do DF; Mostra Competitiva de Dança “Aberto para Balanço” também realizada pelo SESC em setembro de 2016, onde a Companhia foi contemplada com os primeiros lugares em Dança Contemporânea e Dança Livre; Dança à Mostra, realizada em novembro pela Atmos Companhia de Dança, juntamente com o FAC; 22ª Mostra Dulcina de Artes, realizada em novembro de 2015; encenações do Grupo Via Sacra ao vivo de Planaltina em março de 2016; o Espetáculo itinerante Entrepartidas, juntamente com o Grupo Teatro de Concreto, em setembro de 2016 e o Festival de Dança de Itajaí, em Santa Catarina em dezembro de 2016.

Quem é Lehandro Lira
Lira é filho de pernambucanos, mas nasceu em Planaltina. Aos 30 anos, ele possui um recheado currículo de trabalhos culturais voltados para dança. Essa vocação iniciou em 2005 quando foi monitor em Danças Populares Brasileiras, tais como Frevo, Coco, Xaxado, Maracatu, entre outros.
De lá pra cá foram diversos trabalhos como ator, professor, idealizador da Cia Transições e dançarino em importantes grupos, como o Balé Flor do Cerrado, participando dos projetos nas Olimpíadas Rio 2016 e estudante de Licenciatura em Dança pelo IFB. Um artista completo que não deixa dúvida sobre a própria vocação. “Sou um jovem sonhador, que batalha e acredita sempre em dias melhores. Enquanto eles não chegam, minha mochila e minhas canções, locadas em meu celular, são meus companheiros de andanças artísticas”.

Data: 01 de abril de 2017.
Hora: Em duas sessões: às 17h e às 20h

Local: Ginásio de Esportes
Endereço: Quadra 301, Samambaia Sul
Informações: (61) 99357-7630 (Lorena)
Classificação Indicativa: Livre

Entrada Franca

PROGRAMAÇÃO 
Coreografia Reflexos (As faces de um povo Centenário);
Coreografia Atos de Fé;
Coreografia Brasilidade;
Coreografia Notável Sonhadora;
Coreografia Resiliência;
Coreografia Relutâncias;
Coreografia Memórias;
Coreografia Prima Donna;
Coreografia Fusão Cultural;
Coreografia Utopia Clássica;
Coreografia Transições.

FICHA TÉCNICA

Direção Geral: Lehandro Lira
Direção Artística/Roteiro: Lehandro Lira
Produção Geral: Gabi Perez
Assistente de Produção: Lorena Siqueira

Bailarinos:
Bruna Oliveira
Charlles Costa
Isabel Veríssimo
Janine Farias
Júnior Ribeiro
Lehandro Lira
Lorena Siqueira
Mariza Soares
Michelly Alves
Nayrelli Sales

Sonoplastia: 
Peter Gabriel / Luíza Maita/
Beyoncé /Orquestra Armorial / Barbatuques / Clara Nunes
/Zizi Possi / Lady Gaga/ Alceu Valença/Cícero;

Cenário: O Grupo
Figurino: Evani Siqueira
Maquiagem: Thais Ferreira MakeUp
Direção de Som e Luz: Júnior Ribeiro
Técnico de Som: Arthur Egydio de Sousa Santos
Fotografia: Geovane Lima e Gleyce Lima
Identidade Visual: Leonardo Fillipe
Assessoria de Imprensa: Railde Nascimento
Redes Sociais: Bruna Oliveira

 

Exibindo IMG-20170327-WA0075.jpg

Após solicitação da Administração Regional de Samambaia, o Detran-DF autorizou a construção de ondulações transversais (quebra-molas) em diversos locais da cidade.

Foram emitidos Seis documentos que autorizam a instalação dos redutores de velocidades. A primeira é para construção de 02 (dois) ondulações tipo A e 06 (seis) ondulações tipo B, distribuídos nos seguintes locais:

Samambaia Norte;

QR 204 Conjunto 05 / QR 206 Conjunto 15 – ( tipo A);

QS 410 / QS 412 – (Tipo A);

QR 404 Conjunto 11/13 – (Tipo B);

QR 406 Conjuntos 01/04, 02/05 e 03/06 – (Tipo B).

Exibindo IMG-20170327-WA0076.jpg
Exibindo IMG-20170327-WA0074.jpg
Exibindo IMG-20170327-WA0107.jpg
Exibindo IMG-20170327-WA0098.jpg

A unidade básica de saúde da Quadra 302 iniciou o recadastramento dos pacientes. Euda Vaz, de 69 anos, é uma das atendidas no local

MARIANA DAMACENO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

A conversa informal na varanda de casa é sinônimo de mais cuidado, segundo Euda Vaz, de 69 anos. A pensionista é atendida pela Unidade Básica de Saúde n° 7 de Samambaia, uma das oito da região, que já funciona exclusivamente com equipes de saúde da família. Trata-se da maior cobertura do programa no DF — 76% do território está incluído.

Uma das unidades básicas de saúde, na Quadra 302, iniciou o recadastramento dos pacientes. Euda Vaz, de 69 anos, é uma das atendidas no local
Uma das unidades básicas de saúde, na Quadra 302, iniciou o recadastramento dos pacientes. Euda Vaz, de 69 anos, é uma das atendidas no local. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Desde segunda-feira (20), os agentes comunitários da unidade trabalham no recadastramento de todas as pessoas atendidas no local — processo que deve durar no mínimo seis meses. A visita a cada uma leva menos de uma hora, e o diálogo é bem detalhado.

Informações como número de animais de estimação, quantidade de parentes na casa e se há fumante na família fazem diferença. A ideia é traçar um perfil do paciente, ao qual o médico terá acesso quando durante a consulta. São dois cadastros: um da família e outro individual.

"Eu estou amando. Me sinto mais cuidada. Os médicos são bem atenciosos"Euda Vaz, moradora de Samambaia

Desde que foi inaugurada, em 2013, a unidade — que antes era batizada como Clínica da Família — funciona dessa maneira. O modelo é o mesmo que será adotado em todas as unidades básicas de saúde com a nova política de atenção primária estabelecida pela Portaria nº 77, de 2017.

Moradora de Samambaia desde o início da região, em 1989, Euda conta que a prática é muito diferente da a que estava acostumada. “Eu estou amando. Me sinto mais cuidada. Os médicos são bem atenciosos.”

Diabética e precisando controlar a glicose rigorosamente, ela já chegou a ser atendida em casa e sempre tem retorno na própria unidade. Além do atendimento domiciliar e das consultas marcadas, também há a opção da demanda espontânea, em que, dependendo do caso, o interessado pode ser examinado no mesmo dia.

Horário de atendimento será ampliado

Hoje, o atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 7 às 18 horas. Mas, conforme prevê a portaria, esse horário será estendido. O texto determina que unidades tipo 2, ou seja, com mais de três equipes, funcionem das 7 às 19 horas, de segunda a sexta-feira, e das 7 horas ao meio-dia, aos sábados.

A média mensal de consultas médicas é de 1,3 mil. No local, ficam seis equipes de saúde da família. Cada uma é composta por médico, enfermeiro, dois técnicos de enfermagem e um número variado de agentes comunitários. Os casos mais complexos são encaminhados para especialistas presentes em outras unidades de saúde.

1,3 milMédia de consultas médicas por mês na unidade de saúde da família de Samambaia

Ana Beatriz Santos, de 17 anos, conheceu o serviço na gravidez, quando teve acompanhamento de um dos médicos. Atualmente, ela e o filho, de 1 ano e 7 meses, continuam indo a consultas para observar o desenvolvimento infantil da criança.

O caso é semelhante ao de Irla Suiane Ribeiro, de 20 anos, e Marcos Gabriel, de apenas 2 meses. Quando gestante, a jovem recebeu a visita de uma equipe que a cadastrou. Desde então, ela marca consultas frequentes para seguir o crescimento do filho.

De acordo com o gerente de Serviços de Atenção Primária n° 7 de Samambaia, Ricardo Aguiar, a média de espera para marcação de consultas não passa de uma semana. No entanto, antes disso, todo paciente passa pelo acolhimento, ocasião em que um técnico de enfermagem faz o primeiro contato com o morador. “Ali ele fica mais tranquilo e já sai com a consulta marcada.”

A espera para marcação de consultas é de no máximo uma semana. Antes disso, todo paciente passa pelo acolhimento

O acolhimento é feito a qualquer hora, assim que paciente procura a unidade. “Não existe aquilo de alguém chegar às 6 horas da manhã e esperar para ver se vai ser atendido”, resume o gerente. Outra realidade é o fato de não ter dia específico para cada tipo de consulta.

Isso também depende da demanda. São 16 quadras de Samambaia atendidas pelo espaço, o que perfaz um total de mais de 26 mil habitantes.

Práticas integrativas de saúde focam na prevenção

Ponto forte da atenção primária, três práticas integrativas são desenvolvidas na Unidade Básica de Saúde n° 7 de Samambaia. Além da shantala (massagem para bebês), da ioga e da automassagem, o local ainda tem grupos com foco no tabagismo, na gestação, no desenvolvimento infantil, no planejamento reprodutivo e na odontologia.

Cada atividade é pensada com base na necessidade da população. Quem tem interesse em participar pode comparecer ao local ou ser encaminhado por um dos profissionais.

Pelas projeções da Secretaria de Saúde, é possível resolver até 70% dos problemas somente na atenção primária. Por isso, a meta é estender de 30,7% para 75% a cobertura do modelo de Estratégia Saúde da Família no DF até 2018.

Exibindo RESULTADO FINAL - 9º SALÃO DO ARTESANATO BSB.png
9º SALÃO DO ARTESANATO – RAÍZES BRASILEIRAS

A Administração Regional de Samambaia em parceria com a Secretaria de Estado do Esporte, Turismo e Lazer, torna público o resultado final da seleção de artesãos locais inscritos nas 8 vagas disponíveis para participar do  SALÃO DO ARTESANATO – RAÍZES BRASILEIRAS, que acontecerá no período de 29 de março a 2 de abril 2017, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, Brasília-DF

A comissão de avaliação das propostas entrará em contato com os selecionados através dos canais de contato informados no formulário de inscrição para dar prosseguimento ao processo. Será encaminhado e-mail aos não selecionados com informações sobre desclassificação e pontuação no processo desta seleção. Este processo obedece os critérios do Edital de Chamamento disponibilizado no site da Administração Regional de Samambaia. 
 
Dos candidatos selecionados:
NOME – Francisco assis Siqueira lopes
SICAB – 0310.0003587.02
 
NOME – Azelaine Teresinha Steffens Fernandes
SICAB – DF.0910.0004613.01
 
NOME – Joana Darque Bizerra Lima
SICAB – 0810000448801
 

NOME- Rosália Rodrigues da Silva Bastos
SICAB – DF.0810.0004481.01

 
NOME- Jose Claudio Carvalho
SICAB – 0709000164300
 
NOME- Marizete Alves Pereira Neves
SICAB – 0709.0001524.02
 
NOME- Ivan Dantas Siqueira
SICAB – DF.0709.0001782.02
 

NOME- Rosalina Teixeira Pimentel do Nascimento
SICAB – 0510.0003977.01
 

Mais informações: Gerência de Cultura, Administração Regional de Samambaia 
Tel – 3359-9384 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma das contempladas, Danielle Oliveira recebeu as chaves da casa própria das mãos de Rollemberg na manhã desta quinta-feira (16). Desde 2015, foram distribuídas 10.994 unidades habitacionais no DF

ÁDAMO ARAUJO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

Após sete anos de espera, Danielle Oliveira, de 33 anos, finalmente conquistou seu sonho. “É mais um passo na nossa vida, a gente deixa a casa dos pais para morar no que é nosso”, comemorou ao lado do marido Glauber Lima, de 35 anos.

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Danielle Oliveira recebeu as chaves da casa própria das mãos de Rollemberg na manhã desta quinta-feira (16), em Samambaia Norte. Foto: Dênio Alves/Administração Samambaia

O casal está entre os 116 contemplados que receberam as chaves dos apartamentos em Samambaia Norte, entregues pelo eixo Morar Bem do programa Habita Brasília, na manhã desta quinta-feira (16).

O governador Rodrigo Rollemberg visitou alguns apartamentos e conheceu os contemplados. “Por meio de ações como essa, bem como a regularização fundiária e a oferta de infraestrutura, conseguimos garantir para essas pessoas o direito à moradia”, comemorou o chefe do Executivo local.

Foram entregues, pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab-DF), 60 unidades no Residencial Karine Boulevard e 56 no São Gabriel, respectivamente nas Quadras QR 212 e QN 401 de Samambaia.

Foram entregues, pela Codhab-DF, 60 unidades no Residencial Karine Boulevard e 56 no São Gabriel, em Samambaia

Os apartamentos do Karine Boulevard têm de 43 a 46 metros quadrados, e os do São Gabriel, de 45 a 50 metros quadrados. As unidades têm dois quartos, uma vaga na garagem, área de serviço e piso em cerâmica.

O valor dos imóveis é de R$ 125 mil e de R$ 122.280, respectivamente, mais o preço do terreno, que será dividido entre todos os moradores dos prédios.

Os empreendimentos vão atender os habilitados da lista da Codhab das faixas 2, 3 e 4, que têm renda familiar de R$ 1.600,01 até 12 salários mínimos.

“Somente é possível oferecer essas unidades com a parceria entre governo e sociedade, por meio das lideranças habitacionais, responsáveis por representar quem realmente precisa de uma moradia”, enfatizou o diretor-presidente da Codhab, Gilson Paranhos.

O eixo Morar Bem é a modalidade do programa Habita Brasília que constrói unidades habitacionais em áreas urbanas com recursos do Minha Casa, Minha Vida. A atual gestão, com essa última distribuição, vai bater a marca de 10.994 unidades entregues.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé
A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas no palco, pessoas sentadas e área interna
A imagem pode conter: 1 pessoa, área interna
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé
A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas em pé e área interna
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas em pé
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé e área interna
A imagem pode conter: 11 pessoas
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas em pé e área interna
A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em péA imagem pode conter: 1 pessoa, área interna

Por meio da Terracap, governo entregou ontem escrituras a quatro entidades religiosas de Samambaia. (8/3/2017) – Terça Feira, o dia foi marcante para quatro igrejas evangélicas de Samambaia. Após mais de 20 anos buscando legalizar a ocupação dos terrenos onde estão instalados, finalmente, os representantes dos templos religiosos conseguiram a tão sonhada regularização. O governo de Brasília, por meio da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap), entregou as escrituras para as igrejas evangélicas Assembleia de Deus, uma localizada na QS 403 e outra na QN 514; Igreja Evangélica Missão de Samambaia e Igreja Batista Liberdade.

As igrejas contempladas já ocupavam o terreno antes de 31 de dezembro de 2006, exigência da Lei Complementar 806 de 2009, para que as entidades fossem alcançadas pela medida e os terrenos ocupados fossem passíveis de regularização.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno

 

A entrega faz parte de um grande projeto de regularização que vem sendo conduzido pelo governo e pela Terracap. Até o presente momento já são 162 os processos de regularização de territórios de entidades religiosas e de assistência social, 80 dos quais foram transformados em minutas de escrituras.

 Dessas entidades cujos processos já estão adiantados, 51 já estão devidamente escriturados. A Terracap ainda espera receber da Secretaria de Estado de Gestão do Território e Habitação (SEGETH), ao longo de 2017, outros encaminhamentos sobre ocupações imobiliárias e dar sequência ao processo de regularização.

Para o presidente da Terracap, Júlio César Reis, a regularização garante segurança jurídica aos templos religiosos e às entidades de assistência social, para que essas instituições realizem as suas atividades, tão importante para a população de todo o DF.

A imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas em pé, terno e casamento
A imagem pode conter: 8 pessoas, terno
A imagem pode conter: 1 pessoa, texto
A imagem pode conter: 7 pessoas, texto
Nenhum texto alternativo automático disponível.
Fotos: Dênio Alves

Unidade na QR 407 tem capacidade para atender 2 mil alunos. Governador Rollemberg inaugurou o espaço na manhã desta quinta-feira (9), quando também visitou a creche Mangabeira

SAMIRA PÁDUA, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

Alunos do Centro Interescolar de Línguas (CIL) de Samambaia ganharam mais comodidade para aprender diferentes idiomas. A unidade está de casa nova, na QR 407 de Samambaia Norte.

A imagem pode conter: céu, árvore, planta, nuvem e atividades ao ar livre
Governador Rodrigo Rollemberg inaugurou a nova sede do CIL de Samambaia na manhã desta quinta-feira (9). Foto: Dênio Alves

As aulas são de inglês e espanhol e ocorrem nos turnos matutino e vespertino. À noite, continuam no Centro de Ensino Médio 414, que abrigou o CIL desde a criação, em agosto de 2016. A transferência completa será em data ainda não definida.

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, descerrou a placa de inauguração da sede na manhã desta quinta-feira (9). “É uma alegria muito grande poder abrir novos horizontes para as crianças e os jovens das cidades de Brasília.”

Segundo a Secretaria de Educação, a capacidade é para 2 mil alunos nos três turnos, e cerca de 550 já estudam no local. A reforma do espaço, cedido pela Administração Regional de Samambaia, custou aproximadamente R$ 250 mil, com recursos da secretaria e de emendas parlamentares.

O Distrito Federal tem 15 centros interescolares de línguas, distribuídos nas 14 regionais de ensino. Em dois anos, o número de alunos atendidos em todo o DF saltou de cerca de 29 mil para 42 mil, segundo dados da Educação.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sentadas
A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, multidão, árvore, céu e atividades ao ar livre

 

 

Governador Rollemberg visitou o Centro de Educação de Primeira Infância (Cepi) Mangabeira, na QS 413, em Samambaia Norte.

"Estamos muito felizes de avançar na universalização da educação infantil em toda a capital"Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

A unidade, uma das cinco creches entregues na região desde 2015, começou a funcionar em 9 de fevereiro deste ano e atende 136 crianças de até 5 anos. São oito salas de aula, área administrativa, salas de informática, de leitura e multiuso, pátio coberto e anfiteatro.


O governador Rodrigo Rollemberg em visita ao Centro de Educação de Primeira Infância (Cepi) Mangabeira. Foto: Dênio Alves

“Todas as crianças de 4 e 5 anos de Samambaia estão matriculadas na educação infantil, e estamos muito felizes de avançar na universalização da educação infantil em toda a capital”, disse Rollemberg, que citou também a sexta creche da região, em fase final de construção.

De acordo com a Secretaria de Educação, Samambaia conta com 21 creches, sendo 14 Cepis e sete conveniadas.

EDIÇÃO: MARINA MERCANTE

 

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 8 pessoas, área interna

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado, sapatos e bebê

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e barba

 

 

A Administração Regional de Samambaia em parceria com a Secretaria de Estado do Esporte, Turismo e Lazer, torna público o processo de seleção de artesãos interessados em participar do  SALÃO DO ARTESANATO – RAÍZES BRASILEIRAS, que acontecerá no período de 29 de março a 2 de abril 2017, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, Brasília-DF, www.salaodoartesanato.com.br.

As inscrições poderão ser feitas  por meio de Formulário Eletrônico disponível neste LINK: FAÇA AQUI A SUA INSCRIÇÃO

Baixe o Edital aqui:  Inscrições para 9º Salão do Artesanato – RA XII Samambaia DF

Poderão participar da seleção o artesão individual que:

a.         seja maior de 16 anos;

b.         esteja cadastrado no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (SICAB), com Carteira Nacional do Artesão dentro do prazo de validade;

c.          residir na região administrativa de Samambaia – RA XII.

Exibindo noticia_640x480_16173.jpg

 

RESULTADO FINAL DA SELEÇÃO DA RA XII SAMAMBAIA

 9º SALÃO DO ARTESANATO – RAÍZES BRASILEIRAS

 

A Administração Regional de Samambaia em parceria com a Secretaria de Estado do Esporte, Turismo e Lazer, torna público o resultado final da seleção de artesãos locais inscritos nas 8 vagas disponíveis para participar do  SALÃO DO ARTESANATO – RAÍZES BRASILEIRAS, que acontecerá no período de 29 de março a 2 de abril 2017, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, Brasília-DF

 
A comissão de avaliação das propostas entrará em contato com os selecionados através dos canais de contato informados no formulário de inscrição para dar prosseguimento ao processo. Será encaminhado e-mail aos não selecionados com informações sobre desclassificação e pontuação no processo desta seleção. Este processo obedece os critérios do Edital de Chamamento disponibilizado no site da Administração Regional de Samambaia. 
 
Dos candidatos selecionados:
 
NOME – Francisco assis Siqueira lopes

SICAB – 0310.0003587.02
NOME – Azelaine Teresinha Steffens Fernandes
SICAB – DF.0910.0004613.01
NOME – Joana Darque Bizerra Lima
SICAB – 0810000448801
NOME- Rosália Rodrigues da Silva Bastos

SICAB – DF.0810.0004481.01
NOME- Jose Claudio Carvalho
SICAB – 0709000164300
NOME- Marizete Alves Pereira Neves
SICAB – 0709.0001524.02
NOME- Ivan Dantas Siqueira
SICAB – DF.0709.0001782.02
NOME- Rosalina Teixeira Pimentel do Nascimento

SICAB – 0510.0003977.01
Mais informações: Gerência de Cultura, Esporte e Lazer, Administração Regional de Samambaia Tel – 3359-9384 

 

 

 

 

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, visitou na manhã desta segunda-feira (6) o Centro de Educação de Primeira Infância Cutia, na QS 127, em Samambaia Sul. A unidade, que funciona desde 16 de fevereiro, atende 136 crianças de até 5 anos em turno integral, de 10 horas. As crianças recebem cinco refeições diariamente.

SAMIRA PÁDUA, DA AGÊNCIA BRASÍLIA
A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sentadas
Rodrigo Rollemberg esteve no Centro de Educação de Primeira Infância Cutia, em Samambaia Sul, na manhã desta segunda-feira (6). Foto: Dênio Alves

“Essa é a quinta creche inaugurada em Samambaia no nosso governo. Já são cerca de 12 mil vagas criadas desde o início da gestão, entre unidades públicas e conveniadas, em todo o Distrito Federal. Dessa maneira, traçamos um novo horizonte para as crianças das diversas regiões administrativas de Brasília”, disse o governador Rodrigo Rollemberg, acompanhado da esposa e colaboradora do governo, Márcia Rollemberg.

A unidade tem oito salas de aula, área administrativa e de serviços, salas de informática, de leitura e multiuso, além de pátio coberto, anfiteatro e brinquedos. O investimento foi de R$ 2.613.467,33.

Acompanharam a visita o secretário de Educação, Júlio Gregório Filho; o administrador regional de Samambaia, Paulo Antônio da Silva; e o deputado distrital Júlio César (PRB).

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sentadas, tabela e área internaA imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e área internaA imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé e barbaA imagem pode conter: 10 pessoas, pessoas em péA imagem pode conter: 16 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

Exibindo IMG-20170216-WA0103.jpg

Data: 21 de Fevereiro de 2017, Terça-Feira
Hora: 19h.
Local: Auditório da Administração Regional de Samambaia.

Decreto foi assinado em solenidade nesta segunda (13). Administração local aderiu à Agenda 2030, da ONU, em outubro de 2016
VINÍCIUS BRANDÃO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

Para cumprir os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) – à qual o governo de Brasília aderiu em 24 de outubro de 2016 –, o governador Rodrigo Rollemberg assinou decreto, nesta segunda-feira (13), que cria um grupo de trabalho.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé e terno
A colaboradora do governo Márcia Rollemberg; o governador Rodrigo Rollemberg; e o representante do UNFPA Brasil, Jaime Nadal. 

A missão da equipe é monitorar a gestão das metas previstas no documento. Na mesma solenidade, no Estádio Mané Garrincha, também foram firmados 26 acordos de resultados, que contêm as iniciativas principais da administração pública local para 2017.

As funções do grupo incluem orientar e alinhar as estratégias das políticas públicas de implementação da agenda na administração de Brasília por meio de diretrizes, estudos, propostas e promoção de conhecimento nos órgãos do governo.

Rollemberg lembrou que já há ações concretas voltadas para as metas do pacto internacional. “Já havíamos aderido aos objetivos do desenvolvimento sustentável na gestão atual, mas esse grupo de trabalho vai monitorar o alcance, a realização e o cumprimento deles”, explicou.

"Já havíamos aderido aos objetivos do desenvolvimento sustentável, mas esse grupo de trabalho vai monitorar o alcance, a realização e o cumprimento deles"Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Um dos exemplos dados foi o chamamento público para instituições privadas serem credenciadas na Secretaria de Educação para fornecimento de 2,5 mil bolsas de estudos a crianças não contempladas na rede pública de ensino em 2017. A medida é parte do objetivo de universalização da educação para crianças de 4 e 5 anos de idade.

Segundo a secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos, foi estipulado um mapa estratégico para o governo até 2019, com o objetivo de fazer com que Brasília seja uma cidade na qual os moradores tenham orgulho de viver. “Essa parceria com a ONU é fundamental para que nós consigamos, de fato, ter indicadores melhores”, disse.

O grupo será formado por membros titulares e suplentes da Assessoria Internacional e das Secretarias da Casa Civil, Relações Institucionais e Sociais; do Meio Ambiente; do Trabalho, do Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos; e de Planejamento — que também fará a coordenação e indicará os membros de cada pasta.

Representante do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), Jaime Nadal assinou o decreto como testemunha com a colaboradora do governo de Brasília Márcia Rollemberg. Para ele, a medida é inovadora e deve servir de exemplo. “É indispensável o alinhamento das políticas públicas e dos programas sociais voltados para o desenvolvimento do País. Tenho certeza de que esse evento é mais um passo de aproximação do governo de Brasília com a sustentabilidade.”

EDIÇÃO: VANNILDO MENDES

.A imagem pode conter: 1 pessoa, área interna.A imagem pode conter: 1 pessoa, tela e área interna.A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé e terno
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé.A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé.A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé
A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas em pé e sapatos.A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas em pé, sapatos e área interna.A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé.

Exibindo 048_mail_MKT_selecao_suop.png

A Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) informa que estão abertas as inscrições para o processo seletivo Seplag nº 01/2017, que tem o objetivo de selecionar um servidor da carreira de Auditor de Controle Interno do Distrito Federal para exercer o cargo de subsecretário, CNE2, da Subsecretaria de Orçamento Público (Suop).

 

O processo de inscrição se dará por meio do envio de mensagem ao endereço de e-mail processoseletivo@seplag.df.gov.br até as 23h59 do dia 16 de fevereiro de 2017 (quinta-feira). O teor da mensagem de inscrição está especificado no documento que detalha o processo seletivo Seplag nº 01/2017, que pode ser acessado em sua íntegra no site da secretaria (www.seplag.df.gov.br)ou clicando aqui.

 

Tendo em vista a determinação do art. 15 da Lei 4.448, de 21 de dezembro de 2009, somente poderão se inscrever no processo seletivo servidores efetivos, ativos ou aposentados, da carreira de Auditor de Controle Interno.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre
Equipe da Samambaia e Novacap trabalham na Operação Tapa Buracos na QR 318.

Samambaia tem recebido várias ações de melhorias em diversos setores da cidade, como manutenção de vias, limpeza das bocas de lobo, podas de árvores, entre outros serviços. 

A manutenção de vias tem sido realizada pelas Equipes da Administração Regional em parceria com a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap). “As equipes têm realizado a operação tapa buracos primeiramente nas vias principais e depois nas secundárias.  A meta é melhorar trechos comprometidos do asfalto para melhorar o trânsito.

A Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) também está em Samambaia realizando trabalhos de corte de mato alto e poda de árvores, entre outros serviços de limpeza e manutenção nas Escolas Públicas de Samambaia. 

 
Equipe da Samambaia e Novacap trabalham na poda de árvores na Escola Classe 318. 

ÁDAMO ARAUJO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, árvore, planta, céu, atividades ao ar livre e natureza
Equipe da Samambaia e Novacap trabalham na poda de árvores na Escola Classe 318. Foto: Dênio Alves/Adm Samambaia
Até 9 de fevereiro, unidades recebem ações como roçagem do mato e poda de árvores. Ideia é preparar o ambiente para a volta às aulas.

As 667 escolas das 14 coordenações regionais de ensino de Brasília recebem, até 9 de fevereiro, corte de mato alto e poda de árvores, entre outros serviços de limpeza e manutenção. Executado pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), o mutirão, iniciado nesta terça-feira (31), prepara as unidades para o retorno às aulas em 10 de fevereiro, conforme calendário da Secretaria de Educação.

Esse trabalho também ocorreu no ano passado, na semana que antecedeu o começo do ano letivo. De acordo com o diretor-presidente da Novacap, Júlio Menegotto, a ideia é preparar o ambiente para os estudantes. “Vamos seguir um cronograma de prioridades das regionais, principalmente para a poda de árvore”, informou.

300Número de profissionais que atuam na operação de limpeza e manutenção das escolas públicas do DF

Para a ação, foram colocadas cinco equipes à disposição da secretaria. São atendidas até quatro regionais por vez. A maior delas recebe dois grupos, devido ao tipo de equipamento necessário, mais pesado e específico.

Segundo a companhia, são usados 219 roçadeiras laterais, 17 máquinas especiais (minitratores de roçagem) e quatro tratores com roçadeira para podas mais altas. Há ainda motopodas, motosserras e caminhões.

 

Podas são feitas em todas as regiões administrativas após a avaliação de engenheiros florestais. Galhos recolhidos são reaproveitados na produção de adubo

MARINA NERY, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

A chegada do período das chuvas traz a preocupação com a queda de árvores, provocada pela força dos ventos. Devido ao trabalho de prevenção da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), é possível minimizar a incidência de casos no Distrito Federal.

Podas são feitas em todas as regiões administrativas após a avaliação de engenheiros florestaisGalhos recolhidos são reaproveitados na produção de adubo
Podas de árvores são feitas em todas as regiões administrativas após a avaliação de engenheiros florestais da Novacap. Toninho Tavares/Agência Brasília

Diariamente, o Departamento de Parques e Jardins recebe demandas da população e as encaminha para o setor responsável pela execução do serviço.  “É necessário que a pessoa especifique o local, a situação e a aparência da árvore para que cada caso seja tratado com a devida urgência”, avisa o diretor-presidente da Novacap, Júlio Menegotto.

As espécies, segundo ele, são classificadas por local e ordem de prioridade — a lista é atualizada diariamente. Após o primeiro contato, antes da poda, engenheiros florestais são enviados para analisar a situação. O relatório desenvolvido pelo técnico orienta a equipe de campo quanto ao tipo de corte a ser feito.

"Trabalhamos com diversos

fatores para determinar

com precisão o que é melhor

para a planta e para a sociedade"

Júlio Menegotto, diretor-presidente da Novacap

Nessa etapa, são empregados equipamentos específicos como o GPS, que marca o geoposicionamento do exemplar. Quando a avaliação técnica é questionada, também pode-se utilizar o tomógrafo, que avalia por meio de sensores o apodrecimento da árvore, e o resistógrafo, que mede a resistência da madeira e a existência de organismos em seu interior.

Como é feito o trabalho de poda de árvores

Para evitar a queda e diminuir possíveis estragos, diariamente, 23 equipes — nove de empresas terceirizadas — trabalham em campo. Cada uma tem em média dez funcionários, distribuídos em operadores, serventes e motoristas de caminhão. As turmas são divididas de acordo com o serviço a ser executado.

Entre os diversos tipos de podas, as mais comuns são a de formação, efetuada desde que as mudas são plantadas até o seu pleno desenvolvimento e a de manutenção, que pode ser de limpeza ou sanitária, quando eliminados galhos secos ou atacados por patógenos. A de adequação é utilizada para solucionar ou amenizar conflitos entre equipamentos urbanos e a arborização.

51.735Quantidade

de podas em árvores

de Brasília em 2016

Também existem as correções na forma de crescimento da planta, de acordo com o ambiente em que está posicionada. É o caso dos cortes de equilíbrio, de redução e de levantamento de copa, que fazem parte da adequação. Durante o ano passado foram feitas 51.735 podas em Brasília.

Quando as árvores devem ser podadas ou retiradas

A manutenção é feita em toda a área verde pública de Brasília. Ao notar crescimento irregular ou exagerado, inclinação súbita, estalos, aparecimento de fungos ou qualquer outra irregularidade que comprometa a saúde da árvore ou de pessoas, o serviço deve ser solicitado.

Para podas domiciliares, o proprietário deve entrar em contato com a Novacap, que enviará um técnico para fazer um relatório orientando o corte adequado, feito pelo próprio morador ou por serviço particular.

Razões para solicitar a pode de árvores

Em determinadas situações, para conter danos maiores, é necessária a retirada total da árvore (erradicação) com risco de queda, morta ou em locais de perigo. Ou optar por podas drásticas, em que se retira grande parte da copa, e há renovação do ciclo de crescimento dos galhos.

“Trabalhamos com diversos fatores para determinar com precisão o que é melhor para a planta e para a sociedade. Quando a saúde da árvore ou o local ameaçam o bem-estar da população, a melhor alternativa é retirá-la de lá”, explica Menegotto.

Ele cita como exemplo os cortes recentes na W3 Sul. Podas drásticas foram feitas pela proximidade a blocos residenciais, em local de difícil manutenção e com crescimento acelerado. Nesse exemplo, optou-se por um corte maior da copa para não retirar as árvores. “Essas medidas são importantes, pois no DF há mais de 5 milhões de árvores, a maioria em lugares impróprios”.

Em todas as regiões administrativas foram feitas 7.278 intervenções no ano passado, além do recolhimento de 2.750 galhos caídos.

O que acontece após a remoção de uma árvore

Embora seja efetuado esse trabalho, em contrapartida a Novacap planta anualmente mais de cem mil árvores em regiões selecionadas, onde não há risco. Em 2016 foram 121.548 novas mudas.

Todos os materiais recolhidos nos cortes são reempregados em alguma função. Com os galhos, são produzidos adubos de alta qualidade para uso no plantio da companhia ou doação a pequenos produtores. Os troncos e materiais mais pesados são vendidos, e o recurso é reinvestido no próprio setor.

O capital será empregado, por exemplo, na criação de um aplicativo que facilitará o envio de denúncias. “Ainda está em fase de desenvolvimento, mas esperamos disponibilizá-lo neste ano, logo após o lançamento do aplicativo tapa-buracos”, afirma o diretor-presidente.

LEIA TAMBÉM

A jaca é outra fruta que aparece com frequência em Brasília. No Cruzeiro, inclusive, há a Avenida das Jaqueiras, via que separa a região administrativa do Sudoeste.

BRASÍLIA POMAR: POPULAÇÃO PODE COLHER FRUTOS DE 900 MIL ÁRVORES

Poda de árvores pode ser requisitada à Novacap e em ouvidorias do governo

PODA DE ÁRVORES PODE SER REQUISITADA À NOVACAP E EM OUVIDORIAS DO GOVERNO

Solicitações de poda ou corte de árvores

Pela ouvidoria do governo (162) ou da Novacap (61) 3403-2626

EDIÇÃO: VANNILDO MENDES

Novacap faz cortes preventivos para evitar queda de árvores

 

Mudança vale somente para crianças de até 3 anos, e não há prazo para manifestar interesse na vaga
DA AGÊNCIA BRASÍLIA, COM INFORMAÇÕES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

Pais ou responsáveis que queiram matricular crianças de até 3 anos em creches da rede pública do Distrito Federal e nas conveniadas têm de ligar para o telefone 156 (opção 2) para manifestar interesse na vaga. Antes, os interessados precisavam comparecer à regional de ensino da unidade escolar de sua escolha no último dia útil do mês, o que costumava resultar em filas.

Centro Educacional da Primeira Infância Araraúna, em Santa Maria.

De acordo com a Secretaria de Educação, o novo procedimento foi adotado para facilitar a vida da população. “Agora a inscrição pode ser feita pelas pessoas a qualquer tempo, das casas delas, com tranquilidade”, destaca Raphaella Cantarino, diretora de Acompanhamento da Oferta Educacional. Ela enfatiza que não há prazo para se inscrever. E complementa: “Quem se inscreveu no ano passado vai ter de ligar de novo porque os critérios [de prioridade para atendimento] mudaram”.

O atendimento do 156 (somente para chamadas feitas de aparelho fixo) é de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, e, aos sábados, domingos e feriados, das 8 às 18 horas. Antes de ligar, a secretaria recomenda que seja lido o Manual de Procedimentos para Atendimento à Educação Infantil – Creche.

Pais ou responsáveis têm de validar a inscrição na coordenação regional de ensino

A manifestação de interesse em uma vaga não garante a matrícula, que será a última etapa do processo. Depois de informar os dados pelo 156, deve-se procurar a coordenação regional de ensino para comprová-los. Nesse caso, o atendimento é apenas em dias úteis.

"Quem se inscreveu no ano passado tem de ligar de novo porque os critérios (de prioridade para atendimento) mudaram"Raphaella Cantarino, diretora de Acompanhamento da Oferta Educacional

Nessa etapa, a de validação, têm de ser apresentados (original e cópia): certidão de nascimento ou documento de identificação da criança com foto; CPF, carteira de identidade e comprovante de residência da mãe ou responsável legal; e documentos que comprovem os critérios de prioridade para atendimento (mãe ou responsável legal trabalhadores; baixa renda; medida protetiva; risco nutricional; e mãe adolescente).

Com a nova forma de inscrever alunos de até 3 anos em creches, o acesso à classificação do cadastro de vagas da educação infantil ficará temporariamente indisponível. A interrupção do serviço é necessária para adaptar o banco de dados às novas exigências que determinam a pontuação no atendimento.

No ano passado, por exemplo, não havia o critério mãe adolescente e a pontuação por faixas salariais. Depois de concluídas as alterações no cadastro, a consulta à classificação das crianças inscritas poderá ser feita pelo site da Secretaria de Educação.

Segundo o calendário divulgado pela pasta, as aulas nas creches começam em 6 de fevereiro.

Inscrições em creches da rede pública de ensino

Pelo telefone 156 (opção 2)

De segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, e, aos sábados, domingos e feriados, das 8 às 18 horas

Ligações somente de aparelhos fixos

Mais informações no tira-dúvidase no Manual de Procedimentos para Atendimento à Educação Infantil – Creche.

EDIÇÃO: RAQUEL FLORES

Policiamento de Samambaia trabalha com projeto contra a violência doméstica.

O Comando do 11º Batalhão de Polícia Militar de Samambaia, apresenta os dados do Policiamento PROVID (prevenção orientada à violência doméstica) realizado no ano de 2016 e comemora os números que atestam a diminuição da reincidência nos casos de agressão contra a mulher na cidade de Samambaia.

No corrente ano foram realizadas: 556 (quinhentas e cinquenta e seis) intensificações de policiamento (PROVID) junto a famílias em contexto de violência doméstica. Ao todo foram atendidas 53 famílias que receberam o atendimento. No tocante a violência familiar, as agressões contra a mulher totaliza 66% ; violência e maus tratos contra o idoso 25% e violência contra a criança e adolescente 9%. Os policiais destacam e as vitimas confirmam que com o acompanhamento do PROVID o índice de reincidência nas agressões diminuíram na grande maioria dos casos.

A senhora Maria das dores que é acompanhada pelo Programa diz que “Os Policiais do PROVID foram os seus Anjos da Guarda, a presença constante da policia afastou o agressor, que passou de fato a cumprir a medida protetiva”.

O comandante destaca que os esforços visam garantir a segurança da população na cidade Samambaia e enfatiza que os resultados apresentados são consequências de um planejamento bem elaborado e empregado nas ações de policiamento desenvolvidas de forma excepcional pela equipe do PROVID.

Os processos acompanhados pela equipe são recebidos do MPDFT, NAFAVD, CASA AZUL, CREAS, CRAS, espontâneo do batalhão e demais parceiros da Rede Social de Samambaia.

O principal objetivo é garantir a segurança das mulheres, mas além d isso, resgatar a sua autoestima, mobilizá-las para resgatarem sonhos, projetos, valores e seguirem em frente de cabeça erguida reescrevendo novas narrativas de vida, a fim de empoderar as vitimas a buscarem seus direitos e denunciar toda forma de violência doméstica.
* Nome fictício.

PROVID atendimento Samambaia
3190-1150

Fonte: Página do Facebook do 11º BPM

Inauguração aterro
Inaugurado nesta terça-feira (17), espaço entre Ceilândia e Samambaia é um marco importante na gestão dos resíduos do DF

Nesta terça-feira (17), O governador Rodrigo Rollemberg inaugurou o primeiro Aterro Sanitário de Brasília (ASB).  A unidade comporta 8,13 milhões de toneladas e receberá apenas rejeitos.

Retomada em 2015, a construção ocorre gradativamente em quatro etapas. A primeira tem 110 mil metros quadrados (m²), divididos em quatro células de aterramento. Uma delas, de 44 mil m², começa a funcionar hoje. “Este é um momento histórico para a nossa cidade. Começamos a desativação gradativa do Lixão da Estrutural, conforme determina a Política Nacional de Resíduos Sólidos, com a inclusão social dos catadores de materiais recicláveis”, disse o governador Rodrigo Rollemberg durante a inauguração na manhã de hoje.

A área é de 760 mil m², dos quais 320 mil são destinados a receber rejeitos. Por enquanto, será depositado no local aproximadamente um terço da produção diária de lixo do DF, que virá das usinas de tratamento do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) no P Sul (Ceilândia) e na Asa Sul (Plano Piloto) e das áreas de transbordo de Brazlândia e Sobradinho. A estimativa da autarquia é que sejam aterradas entre 900 e mil toneladas por dia, o que equivale a 40 carretas.

As técnicas utilizadas no aterro asseguram proteção ao meio ambiente e correto tratamento dos resíduos

As técnicas utilizadas no aterro asseguram proteção ao meio ambiente e correto tratamento dos resíduos. São exemplos a impermeabilização do solo, o sistema de drenagem e a compactação diária, que reduzem o volume do lixo e evitam a contaminação de áreas vizinhas e a proliferação de animais, como roedores e urubus. O aterro receberá apenas rejeitos — método que minimiza impactos ambientais e que está previsto na Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010).

Rollemberg também destacou a ampliação e a inovação da coleta seletiva no DF, que, em cinco regiões, está sendo feita por cooperativas de catadores. “Esses trabalhadores farão a separação do material nos centros de triagem, que serão construídos. As licitações estão em andamento, e, em breve, começam as obras.”

Custo do Aterro Sanitário de Brasília

O custo para construir a primeira etapa do Aterro Sanitário de Brasília e executar obras de infraestrutura é de cerca de R$ 45 milhões, com recursos exclusivos do SLU. Os pagamentos começam agora, com o início do funcionamento. O valor a ser repassado por mês depende da quantidade de rejeito que chegar periodicamente ao aterro. A operação do espaço é de responsabilidade do consórcio formado pelas empresas GAE, Construrban e DBO.

Os moradores de Samambaia receberam na manhã desta sexta-feira (13) o primeiro terminal rodoviário da região administrativa na QR 1333, Samambaia, . Essa era uma demanda antiga da população e vai beneficiar cerca de 106 mil passageiros. O espaço começa a operar neste sábado (14), a partir das 5 horas.

IMG_6517

Aterro Sanitário de Brasília está pronto para entrar em operação

Licença do Ibram entregue ao SLU nesta segunda (12) atesta que o local tem todas as condições ambientais previstas e está preparado para receber materiais não reutilizáveis

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) recebeu nesta segunda-feira (12) do Instituto Brasília Ambiental (Ibram) a licença de operação para o Aterro Sanitário de Brasília, que fica entre Samambaia e Ceilândia (DF-180). O documento tem validade de cinco anos.

A diretora-presidente do SLU, Kátia Campos, explica a importância dessa licença: “Ela indica que todas as condições ambientais previstas foram cumpridas e que o aterro está preparado para receber os rejeitos do tratamento dos resíduos”. Inicialmente, serão depositadas no local cerca de 900 toneladas por dia de rejeitos.

Nos próximos dias, a permissão deve ser publicada no Diário Oficial do DF e em periódico de grande circulação, para dar publicidade ao fato. “Licenciar o aterro é contribuir diretamente para que a destinação de resíduos ocorra de maneira correta”, avalia a presidente do Ibram, Jane Vilas Bôas.

O aterro terá 760 mil metros quadrados — dos quais 320 mil destinados a receber rejeitos (materiais não reutilizáveis) — e será construído em quatro etapas. A primeira tem 110 mil metros quadrados, divididos em quatro células de aterramento. A conclusão de apenas uma célula é suficiente para ativar o aterro.

A parte operacional da etapa 1 está pronta. “Estamos agora fazendo alguns acabamentos internos nas edificações”, detalha Kátia Campos. “A prioridade agora é a bolsa para os catadores [que forem selecionados para ser agentes de cidadania ambiental], e, passada essa etapa, devemos iniciar a operação do aterro já em janeiro”, adianta a diretora-presidente do SLU.

Catadores serão selecionados para se tornar agentes de cidadania ambiental

Até esta quarta-feira (14), catadores de material reciclável da Estrutural podem se candidatar a ser agentes de cidadania ambiental. São 900 vagas, e os aprovados no processo seletivo atuarão como multiplicadores de informações voltadas à gestão e à educação ambiental e sustentável. Somente poderá participar e ser selecionada uma pessoa por família. Os agentes receberão bolsa mensal de R$ 300. Os recursos vêm do fundo de assistência social da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos.

De acordo com a Portaria nº 185, de 1º de dezembro de 2016, que regulamenta o Programa Agentes de Cidadania Ambiental — Inclusão ao Mundo do Trabalho na Área Ambiental, o catador tem de dispor de 12 horas mensais para participar de oficinas de capacitação e de mobilização comunitária para difundir boas práticas de separação de resíduos domésticos, com o intuito de criar condições mais favoráveis à coleta seletiva.

Para se candidatar é preciso ser catador de material reciclável e exercer essa atividade como principal ocupação para manter a família, ter no mínimo 18 anos e no máximo 65 anos, e morar na Estrutural. Além disso, é necessário estar inscrito no cadastro único para programas sociais do governo federal, o CadÚnico, e ter renda mensal per capita de até dois salários mínimos ou renda familiar mensal de até seis salários mínimos.

As inscrições devem ser feitas pessoalmente, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) da Estrutural (Quadra 5, Área Especial 2, Setor Oeste), das 8 às 18 horas. Os interessados precisam preencher a ficha de inscrição que está no edital e apresentar os seguintes documentos: original e cópia do RG, do CPF e do comprovante de renda (ou declaração de próprio punho); cópia de comprovante de residência (ou declaração de próprio punho); e declaração de que dispõe de 12 horas mensais para as atividades de mobilização, de segunda-feira a sábado, em horário comercial.

 

Samambaia recebe apresentações artísticas e oficinas de danças gratuitas

Neste fim de semana, 06, 07 e 08 de janeiro, Samambaia receberá o "Circuito Cultural Dança Afro-Brasileira", a partir das 9h. O evento é gratuito. Um dos objetivos da iniciativa é integrar a comunidade às diferentes estéticas artísticas nesse segmento. Taguatinga, Itapoã, São Sebastião, Paranoá, Recanto das Emas, Gama, Santa Maria, Riacho Fundo I e Guará já receberam a iniciativa.

Entre os estilos presentes na ocasião estão: capoeira, carimbó, maculelê, frevo, bumba meu boi, entre outros, com destaque para a apresentação do grupo Pelinsky. Mas as apresentações não são restritas às danças afro, sendo o espaço aberto a outras tendências com apresentações de DJs, grupos de charme, country e forró. Haverá, ainda, oficinas e campeonatos de danças e ações cidadãs, com o apoio da Administração Regional de Samambaia e associações locais. Uma superestrutura será montada em todos os espaços de recepção da festa, com palco principal, pista de apresentações, estandes e brinquedoteca.

Para um dos organizadores do evento, o professor de dança João Carlos Corrêa, a ação é inédita no cenário cultural brasiliense. “Temos a oportunidade de integrar as manifestações afro com as mais diversas expressões artísticas presentes nas cidades. E esse incentivo é fundamental”, destaca. A ação tem o apoio da Fundação Cultural Palmares, vinculada ao Ministério da Cultura, e do Governo de Brasília. O projeto acontece até fevereiro de 2017 e, ao todo, passará por 14 regiões do DF.

 

Dança afro-brasileira

A dança afro-brasileira é fruto de práticas trazidas pelos escravos africanos para o Brasil e que foram reelaboradas e transformadas na América. Composta de diferentes ritmos e dramatizações, essas manifestações têm em comum a raiz negra da África. A ideia do Circuito vem justamente no sentido de resgatar a história, além de dar maior força e espaço para esse movimento dentro do cenário das artes no Distrito Federal.

 

Serviço

Circuito Cultural Dança Afro-brasileira

06, 07 e 08 de janeiro, das 9h às 18h (todos os dias)

SAMAMBAIA – QS 410 Estacionamento do Conjunto “J” (ao lado da Polar Tintas)

 

Entrada franca

Informações: (61) 992026149 (João Carlos Corrêa) e (61) 98424-8537 (João Paulo)

Exibindo 1 - FB.jpg
O Governo de Brasília convida a população do Distrito Federal para participar da elaboração dos PLANOS DISTRITAIS DE SANEAMENTO BÁSICO E DE GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS – PDSB/PDGIRS, elaborados por órgãos do GDF (Comissão Técnica dos Planos): SINESP, SEMA, ADASA, CAESB, SLU e NOVACAP; e com apoio da consultora especializada: a empresa SERENCO – Serviços de Engenharia Consultiva.

A elaboração dos Planos teve início em abril/2016 e até o presente momento, foram realizadas onze pré-audiências públicas para participação da sociedade no processo inicial, além de reuniões com diversos segmentos da sociedade civil, empresarial e Governo. Paralelo a isso, a empresa SERENCO – Serviços de Engenharia Consultiva, desenvolveu um levantamento técnico, que está em fase conclusiva, sobre as principais mudanças e investimentos a serem feitos no que diz respeito a saneamento básico (abastecimento de água potável, esgoto sanitário, drenagem de águas pluviais e resíduos sólidos). O levantamento técnico realizado pela consultora, está em fase de análise pela Comissão do GDF, cujo resultado será conhecido em breve pela população do DF.

Os próximos eventos oficiais programados junto à população são as audiências públicas, previstas para ocorrerem nos dias 24, 25 e 26 de janeiro de partir de janeiro de 2107 quando os participantes poderão apresentar propostas que vão ajudar a construir a base das políticas públicas para segmentos que tem impacto direto na vida da população. Na primeira quinzena de janeiro, os PDSB/PDGIRS serão colocados em consulta pública, pela internet. Com a sociedade mobilizada em torno das discussões e propostas, as chances de se definir políticas públicas eficazes, diante das demandas e necessidades dos dias atuais, são bem maiores.

Toda a sociedade civil organizada, como Entidades de Classe, Universidades, Escolas Públicas e Privadas, Igrejas, Líderes Comunitários, Administrações Regionais, ONGs, entre outros segmentos interessados, estão convidados a participar deste importante momento de discussão, reflexão e análise, decisivas às gerações futuras nos próximos 20 anos, período em que o PDSB/PDGIRS deverão estar integralmente implantados.

site
Governo de Brasília apresenta as perspectivas para 2017 e as realizações de 2016

 

O governador Rodrigo Rollemberg apresenta, nesta sexta-feira (16), às 9h30, as perspectivas para 2017 e as realizações do governo de Brasília em 2016. O evento será na Tribuna de Honra do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Serviço: Governo de Brasília apresenta as perspectivas para 2017 e as realizações de 2016
Horário: 9h30
Local: Tribuna de Honra do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha

 

Luos 2

2ª CONSULTA PÚBLICA

luos 3

 

Ajude na construção da Lei de Uso e Ocupação do Solo, clique AQUI e participe da 2ª Consulta Pública. A mobilização antecede a Audiência Pública da Luos (clique para ver todas as informações da audiência), que acontecerá no dia 17 de dezembro, simultaneamente no Plano Piloto, Taguatinga e Sobradinho. Exerça sua cidadania, contribua!

Conheça as atualizações, datadas de 17 novembro de 2016, sobre a Minuta parcial do PLC da Luos com errata, os Mapas de Uso do Solo e as Tabelas de Uso e Atividades

Veja também a Tabela Geral de Uso e Atividades da LUOS.

 

Em continuidade à consulta pública, iniciada em 1º de novembro até 17 de dezembro, para discutir o uso do solo, a Segeth torna públicos os novos Mapas de Uso do Solo, Tabelas de Usos e Atividades e texto parcial do Projeto de Lei Complementar sobre o Uso e Ocupação do Solo – LUOS, resultantes da evolução dos trabalhos em desenvolvimento para elaboração do Projeto de Lei. 

Esta 2ª Consulta Pública é direcionada para divulgar, especificamente, a proposta de definição do Uso do Solo a ser estabelecida para os núcleos urbanos do Distrito Federal, por meio da Lei de Uso e Ocupação do Solo – LUOS, em elaboração. 

Para possibilitar o amplo conhecimento do uso do solo em definição, e seu debate pelo conjunto da sociedade, são divulgados 24 Mapas de Uso do Solo, datados de 17/11/2016 (com errata publicada em 01/12/2016), atualizados em conformidade com os últimos estudos desenvolvidos. Também é divulgada proposta parcial do texto do PLC. 

O texto ora divulgado trata dos aspectos relativos ao uso do solo, além de temas importantes como: 

1) O objeto do PLC: Disciplinar o Uso e Ocupação do Solo; 

2) Identificação dos núcleos urbanos abrangidos pelo PLC; 

3) Definição das áreas da macrozona urbana que não são abordadas no PLC; 

4) Definição dos instrumentos complementares a serem aprovados pelo Poder Executivo, necessários para a operacionalização da Lei de Uso e Ocupação do Solo; 

5) Estabelecimento dos Princípios que norteiam a elaboração do PLC; 

6) Objetivos do PLC; 

7) Siglas e definições; 

8) Unidades de Uso e Ocupação do Solo – UOS, que definem os usos admitidos nos núcleos urbanos abrangidos pelo PLC. 

Além dos Mapas de Uso do Solo dos núcleos urbanos das Regiões Administrativas, são apresentadas as Tabelas Parciais de Usos e Atividades por UOS e a Tabela Geral de Usos e Atividades da LUOS DF. 

Nas tabelas são identificadas todas as atividades que podem ser realizadas nas diversas UOS estabelecidas para os núcleos urbanos. 

Na hipótese de ser observada divergência entre as cores dos Mapas de Uso do Solo das RAs e das Tabelas impressas, com as cores dos respectivos arquivos digitais, prevalecem as cores constantes desses arquivos, disponíveis no site da Segeth. 

Parâmetros Urbanísticos são associados às Unidades de Uso e Ocupação do Solo, que estabelece os usos e atividades que podem ser desenvolvidas em lotes e projeções localizados na macrozona urbana do Distrito Federal, registrados em cartório ou situados em parcelamentos consolidados, projetados, implantados e aprovados pelo Poder Público. 

Para propiciar o conhecimento gradual dos aspectos abordados no PLC da LUOS, os Parâmetros Urbanísticos serão apresentados para debate em outra audiência pública. Na ocasião, além dos parâmetros, consolidados em Quadros de Parâmetros de Ocupação do Solo para cada Região Administrativa, será apresentado o texto completo do PLC. 

Os parâmetros urbanísticos estabelecem a forma de ocupação do lote. Com essa finalidade são definidos: 

1) Afastamentos mínimos laterais, frontais e de fundos , quando couber; 

2) Altura máxima da edificação e indicação do número de pavimentos, quando couber, prevalecendo a altura máxima e respeitados os demais parâmetros; 

3) Coeficiente de Aproveitamento Básico; 

4) Coeficiente de Aproveitamento Máximo; 

5) Critérios para definição da cota de soleira; 

6) Número mínimo de vagas para veículos internas aos lotes ou projeções, quando couber; 

7) Subsolos, quando couber; 

8) Taxa de ocupação máxima; 

9) Taxa de permeabilidade mínima; e 

10) Tratamento das divisas.

  

INFORMAÇÕES SOBRE A LUOS E SOBRE ATIVIDADES JÁ REALIZADAS – Clique AQUI

IMG_3723
Fim do drama de alagamentos: Quadra 408 recebe obras de drenagem pluvial!

Há cerca de 20 anos moradores da quadra 408, Samambaia Norte convivem com o risco de alagamentos em suas residências sempre que o período chuvoso se inicia. O motivo era que o sistema de drenagem pluvial era insuficiente para atender a demanda. 
Nesta quarta(7), em parceria com a Administração Regional, a Novacap deu início a obras de rede de drenagem pluvial e execução de novas bocas de lobo para atender àquela região. A previsão de término desta obra é de no máximo 30 dias, favorecendo a comunidade local.

 IMG_3742

volei
Circuito AAVP/NCT/FVDF de Volei de Praia 2016, 2º Etapa Samambaia. 

Data: 09,10 e 11 de Dezembro.
Local: Arena montada ao lado do Ginásio de Esportes, Centro Urbano, Qd. 301
Horário: 09h às 18h.
Realização: Associação Atlética de Volei de Praia do Distrito Federal, NCT Volei de Praia, Volei Distrito Federal.

IMG_3116
Crianças da Escola Classe Guariroba promovem plantio de mudas.

Os alunos da escola Classe Guariroba, em parceria com o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e com a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), realizaram nesta terça-feira (29), das 14h às 16h, o plantio de mudas no Aterro Sanitário de Brasília. O objetivo da ação é promover a educação ambiental das crianças moradoras próximo ao Aterro, mostrando a importância das práticas sustentáveis no manejo dos resíduos sólidos

A ação faz parte da Campanha Brasília Limpa – Sua Atitude Faz a Diferença, lançada em outubro do ano passado, que tem como objetivo motivar o cidadão para a prática de atitudes sustentáveis. Trata-se de uma campanha concebida para chamar a atenção da população para a temática da responsabilidade compartilhada na manutenção da limpeza urbana, baseando-se na ideia de que ambiente limpo não é o que mais se limpa e, sim, o que menos se suja.

IMG_3153

 

Governador dá posse a Conselheiros de Cultura de Samambaia.

Com o objetivo de fortalecer a cultura local e garantir a participação popular na construção de políticas públicas do setor, 104 conselheiros regionais de cultura foram empossados. Eles representam 13 regiões administrativas, entre elas Samambaia, que contou com presença dos conselheiros eleitos pelo povo e o Administrador Regional de Samambaia, Paulo Silva.
“Essa é mais uma forma de abrir permanentemente o diálogo com a sociedade”, disse ogovernador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, na solenidade de assinatura do decreto de posse dos membros, na manhã desta quarta-feira (16), no Palácio do Buriti.
A iniciativa integra um processo de descentralização que ocorre desde o início de 2015. O secretário de Cultura, Guilherme Reis, lembrou que a pasta mapeou as demandas nas regiões administrativas para propor as mudanças necessárias. “Adequamos as estruturas às necessidades dos moradores, fazedores e consumidores de cultura”, explicou. “Agora é o momento de avançarmos com as políticas, sempre atentos às lideranças culturais e comunitárias”, acrescentou.

O combate ao mosquito Aedes aegypti não pode parar! A conscientização de todos é importante para ajudar na prevenção da dengue, da zika e da chikungunya. Cuide da sua casa, converse com seus vizinhos e faça parte desta campanha! Lembre-se: se encontrar possíveis focos, informe pelo número 160.

Resultado de imagem para Horta comunitária será usada na merenda do CEF 404, em Samambaia

Plantio é uma das 51 ações do Controladoria na Escola, iniciado na unidade em junho.

Melhorias nos banheiros, iluminação nova nas salas, mais monitores de computador e uma horta orgânica que pode ser usada para complementar a merenda escolar. Esses são alguns dos 51 resultados apresentados pelos estudantes do nono ano do Centro de Ensino Fundamental 404 de Samambaiana manhã desta segunda-feira (7). As ações fazem parte do Controladoria na Escola, programa da Controladoria-Geral do Distrito Federal que está na unidade de ensino desde junho.

Um dos responsáveis pela horta, Alisson Lucas Silva Rocha, de 15 anos, conta que melhorou o desempenho em sala de aula depois da função. “Todos os dias, passo lá para ver como estão as plantas. É um prazer cuidar delas.” Com o sucesso do plantio, o estudante anuncia que as hortaliças já podem ser usadas na merenda, uma grande demanda dos alunos, de acordo com ele. A professora de português Katielle Souza Silva confirma os benefícios da iniciativa. “O cuidado trouxe uma reflexão necessária no aprendizado. Os meninos melhoraram muito em sala de aula”, afirma a educadora.

Durante a apresentação dos resultados consolidados pelos alunos com supervisão da Controladoria-Geral do DF, foram expostos os apontamentosdecorrentes da auditoria cívica que ocorreu na escola em junho. Em setembro, a controladoria levou os primeiros dados apontados pelos estudantes à Secretaria de Educação.

A aluna Geovanna Sampaio de Oliveira, de 14 anos, apresentou os resultados da biblioteca e da sala de informática. “Trocamos as lâmpadas e resolvemos os problemas das tomadas, mas ainda aguardamos a instalação do extintor de incêndio”, explicou.

Outra fiscal entre os estudantes, Thaylane Osório Cortes, de 14 anos, ficou encarregada de expor as melhorias nos banheiros e na quadra de esportes. “Está tudo mais bonito, mais limpo e bem cuidado”, afirmou a estudante, que acrescentou um novo apontamento à lista de afazeres. “Temos que consertar o espelho no banheiro masculino”, adiantou.

Controladoria na Escola no CEF 404 de Samambaia

De acordo com o balanço dos alunos, desde o início do programa foram resolvidos 51 (45%) apontamentos, há 58 (50%) pendentes e outros seis (5%) estão em andamento.

Para o controlador-geral do DF, Henrique Ziller, o resultado é extremamente positivo. “A resposta relativa ao tempo de trabalho foi excepcional”, disse. “Chegamos com a ideia, com o projeto, mas quem fez tudo foram vocês. Estamos muito felizes ao ver de perto o sucesso da iniciativa”, parabenizou Ziller, que entregou certificados aos alunos voluntários.

O diretor da unidade de ensino, Paulo Rogério Ramos Leão, disse estar satisfeito com as consequências do programa e que espera que o entusiasmo dos alunos dure por muito tempo. “Eu aprendo todos os dias com a vontade de vocês em mudar essa escola. Ter consciência da importância de cuidar do que é nosso não tem preço”, disse, emocionado.

Resultado de imagem para Horta comunitária será usada na merenda do CEF 404, em Samambaia

Etapas do programa Controladoria na Escola

A unidade de Samambaia foi a primeira a participar do Controladoria na Escola. O órgão desenvolve o projeto em outras nove escolas no DF escolhidas por estarem em áreas de vulnerabilidade social.

Além do CEF 404, participam o Centro Educacional Incra 9 e o Centro de Ensino Médio 9, em Ceilândia; o Centro Educacional Casa Grande, no Gama; o Centro Educacional do Lago, no Lago Sul; o Centro de Ensino Asa Norte e o Centro de Ensino Médio Elefante Branco, no Plano Piloto; o Centro Educacional 123, em Samambaia; o Centro Educacional São Francisco, em São Sebastião; e o Centro de Ensino Médio de Taguatingaem Taguatinga. Em 120 dias, a equipe do programa voltará às unidades de ensino auditadas para verificar se os problemas apontados pelos alunos foram solucionados.

O projeto tem quatro etapas. Na primeira, uma peça de teatro mostra aos alunos a importância da participação social na vida pública. Depois, há um debate sobre temas como ética, cidadania e controle feito pela sociedade.

Na terceira parte, os alunos respondem a questionários de avaliação das estruturas, das aulas e dos ambientes próximo às escolas. Na quarta e última fase, os pontos levantados pelos alunos são reunidos em um relatório, que é levado ao órgão competente para que se busquem soluções.

PicsArt_10-24-09.50.57

 

 Convidados toda a comunidade para o grande momento do CORTE DO BOLO, nesta terça-feira (25).

Segue programação desta terça-feria, 25 de Outubro.

MOMENTO CIVICO E CORTE BOLO
Local: Pátio do anexo da Administração Regional de Samambaia
Horário: 09h às 12h
Realização: Administração Regional de Samambaia
Descrição: Realização de Momento Cívico em comemoração ao 25 Aniversário de Samambaia, com apresentações e Corte do Bolo.

MISSA EM AÇÃO DE GRAÇA AO 27º ANIVERSÁRIO DE SAMAMBAIA
Local: Paróquia Nossa Senhora de Aparecida – QN 406 – Samambaia Norte
Horário: 19h
Realização: Administração Regional de Samambaia
Descrição: Missa em ação de graças ao 27º aniversário de Samambaia

BATALHA SAMAMBA STREET
Local: Estacionamento do Metrô, Estação Furnas
Horário: a partir das 19h
Realização: Nação Hip Hop do DF
Descrição: Batalha de rima Hip Hop, atividade que ocorre todas as terças no mês de outubro, em Samambaia

 

Aniversário Samambaia a4

Ainda estamos trabalhando para recuperar e atender a população de Samambaia após o forte temporal. Você, cidadão, também pode ajudar os moradores com doações! O programa Brasília Cidadã, que estimula o voluntariado do DF, lançou a campanha “Juntos por Samambaia” para recolher materiais de construção, colchões, alimentos e roupas de cama e distribuir para os moradores. Quem puder ajudar, deve entregar das 8h às 18h, na Paróquia Nossa Senhora das Graças, na quadra 431.

 

Os materiais que estavam no estoque de órgãos do governo também serão entregues a famílias que não têm condições financeiras de reconstruir suas casas. Saiba mais:https://goo.gl/g8u71Q.

 

Participe da campanha e incentive seus amigos e familiares! Samambaia precisa da ajuda de todos!

 

samambaia_360x200

 

População de Samambaia recebe o Mutirão da Cidadania 

Um dia inteiro dedicado a oferecer à população serviços públicos e a divulgar informações de incentivo à atuação cidadã consciente. No sábado (22), das 9 às 17 horas, o Centro de Ensino Fundamental 411, em Samambaia Norte, sediará o Mutirão da Cidadania. Durante o evento, serão prestados à comunidade atendimentos de consultas médicas e odontológicas, orientação jurídica e psicológica, além de acesso direto a órgãos como DFTrans, INSS, CEB, Detran, Procon, Caesb, Conselho Tutelar e Defensoria Pública. 
“O objetivo do mutirão é beneficiar a comunidade escolhida para a ação, disponibilizando uma grande variedade serviços e informações que favoreçam e incentivem o exercício da cidadania. Foram estabelecidas inúmeras parcerias com entes governamentais e também da iniciativa privada, visando promover um evento enriquecedor para a população, tratando de empreendedorismo, prevenção às drogas, finanças pessoais e ecologia, além de oferecer atividades de lazer, esporte e cultura aos participantes”, explica o secretário de Justiça e Cidadania, Marcelo Lima.
Entre os destaques da programação do Mutirão da Cidadania, no período da manhã, está a apresentação da peça teatral “Aprendendo a dizer não”, que utiliza fantoches para alertar a criançada contra o risco das drogas, além da orientação sobre uso racional da água e a oficina de gestão de resíduos, com ênfase na reciclagem. À tarde, o evento prossegue com diversas atrações musicais, exposição de helicópteros e curso de desenho expandido.
“O evento tem estrutura dinâmica, com diversos atendimentos ocorrendo simultaneamente durante todo o dia, enquanto em diferentes pontos da escola haverá apresentações com horário definido, desde atrações culturais até orientações de caráter profissional”, esclarece Marcelo Lima.

 

população

 

PROGRAMAÇÃO ANIVERSÁRIO SAMAMBAIA

 

  

 

DIA 14 DE OUTUBRO

 

OUTUBRO ROCK ROSA

Local: Estacionamento da QR 412 – Samambaia Norte

Horário: 17 às 22h

Realização: Frenétikos Produções

Descrição: Show de Rock, Campanha Outubro Rosa

 

 

 

DIA 14 DE OUTUBRO

 

DEFENSORIA EM AÇÃO

Local: Gerência Regional, QN 431 (Sub Administração) Expansão de Samambaia

Horário: 09h às 15h

Realização: Defensoria Pública do Distrito Federal e Administração Regional

Descrição:  O projeto leva atendimento itinerante da Defensoria Pública do DF, oferecendo atendimento psicossocial e jurídico gratuito.

 

 

 

DIA 15 DE OUTUBRO

 

DIA DA FAMILIA NA IGREJA BATISTA ALIANÇA

Local: QN 412 Conjunto D lote 01 Samambaia Norte

Horário: 08h às 13h

Realização: Igreja Batista Aliança

Descrição: Caminhada, Tenda da beleza, Tenda da saúde, Almoço, Bazar, Pula- pula.

 

 

 

DIA 16 DE OUTUBRO

 

AÇÃO ÁGAPE

Local: QR 113 conjunto C lote 07/06 em frente a feira da 313 – Samambaia Sul

Horário: 09h às 22h

Realização: Comunidade Vinho novo

Descrição: Ação social com serviços a comunidade como assistência jurídica, consultas oftalmológica e odontológica, Corte de cabelo, entre outros. Ainda contara com Shows e um dia de lazer.

 

 

 

DIA 18 DE OUTUBRO

 

BATALHA SAMAMBA STREET

Local: Estacionamento do Metrô, Estação Furnas

Horário: a partir das 19h

Realização: Nação Hip Hop do DF

Descrição: Batalha de rima Hip Hop, atividade que ocorre todas as terças no mês de outubro, em Samambaia.

 

 

DIA 22 DE OUTUBRO

 

MUTIRÃO DA CIDADANIA EM SAMAMBAIA

Local: Escola Classe 411 – Samambaia Norte

Horário: 09h às 15h

Realização: Secretaria de Justiça e Administração Regional

Descrição: Serviços e atividades em parceria com entidades públicas e privadas.

 

 

 

DIA 22 DE OUTUBRO

 

SAMAMBA ROCK

Local: Estacionamento do estádio de samambaia

Horário: 18h às 23h

Realização: Instituto Solid’Art  – ISA e Movimento Samamba Rock

Descrição: Shows com diversas banda de Rock de samambaia e do Distrito Federal.

 

 

 

DIA 23 DE OUTUBRO 

 

PIQUENIQUE COM ARTE

Local: Parque três Meninas

Horário: 10h às 17h

Realização: Biblioteca Livro de Garagem

Descrição: Edição especial do mês de aniversário de Samambaia, Piquenique com arte, acontece mensalmente no parque três meninas, com contação de histórias, música e poesia.   

 

 

 

DIA 25 DE OUTUBRO

 

MOMENTO CIVICO E CORTE BOLO

Local: Pátio do anexo da Administração Regional de Samambaia

Horário: 09h às 12h

Realização: Administração Regional de Samambaia

Descrição:  Realização de Momento Cívico em comemoração ao 25 Aniversário de Samambaia, com apresentações e Corte do Bolo.

 

 

DIA 25 DE OUTUBRO

 

MISSA EM AÇÃO DE GRAÇA AO 27º ANIVERSÁRIO DE SAMAMBAIA

Local: Paróquia Nossa Senhora de Aparecida – QN 406 – Samambaia Norte

Horário: 19h

Realização: Administração Regional de Samambaia

Descrição:  Missa em ação de graças ao 27º aniversário de Samambaia

 

 

 

DIA 25 DE OUTUBRO

 

BATALHA SAMAMBA STREET

Local: Estacionamento do Metrô, Estação Furnas

Horário: a partir das 19h

Realização: Nação Hip Hop do DF

Descrição: Batalha de rima Hip Hop, atividade que ocorre todas as terças no mês de outubro, em Samambaia.

DIA 27 DE OUTUBRO

 

SOLENIDADE DE JURAMENTO Á BANDEIRA E “BALCÃO DE OPORTUNIDADES 2016”

Local: Ginásio de Esportes da Quadra 301 – Quadra Coberta

Horário: 08h às 12h

Realização: Administração Regional de Samambaia

Descrição: Juramento a Bandeira; Emissão dos Certificados de Dispensa de Incorporação (CDI); Incentivo ao Empreendedorismo; Informações e Serviços voltadas ao Mercado de Trabalho; Palestras sociais; disseminação de valores, direitos, deveres e responsabilidades; Incentivo a Saúde, Esporte, Lazer e Cultura

 

 

 

DIA 28 DE OUTUBRO

 

SARAU COMPLEXO

Local: Espaço Imaginário QR 103 – Samambaia Sul

Horário: 20h às 23h

Realização: Conselho de Cultura de Samambaia

Descrição:  Edição especial de aniversário de Samambaia, sendo 86ª Edição do Sarau Complexo

 

 

 

DIA 28 DE OUTUBRO

 

CULTO DE AÇÃO DE GRAÇAS AO ANIVERSÁRIO DE SAMAMBAIA

Local: Auditório IFB Campus Samambaia

Horário: 20h

Realização: Administração Regional de Samambaia

Descrição: Culto de Ação de Graças ao 27 Aniversario de Samambaia

 

 

 

DIA 29 DE OUTUBRO

 

AÇÃO SOCIAL 2016 – CONSELHO DE SAÚDE

Local: Centro de Ensino Educacional 619 – Samambaia Norte

Horário: 09h às 15h

Realização: Conselho de Saúde

Descrição: Ação social com serviços à comunidade e um dia de lazer.

 

 

DIA 30 DE OUTUBRO

 

COPA SAMAMBAIA DE JIU JITSU

Local: Ginásio do Sesc

Horário:09h às 16h

Realização:Secretaria de Esportes DF & Administração Regional

Descrição: Campeonato de Jiu Jitsu

 

 

DIA 30 DE OUTUBRO

 

HIP HOP CONTRA FOME

Local: Ginásio de esporte da Quadra 301

Horário:16h às 22h

Descrição: Shows gratuito de hip hop com arrecadação de alimentos para ações sociais em Samambaia.

 

Semana 18 a 23 de Outubro

semana

 

 

 

Material Principal

samambaia

Sede do Creas de Samambaia é inaugurada

Sede do Creas de Samambaia é inaugurada

creas

CREAS DE SAMAMBAIA EM NOVO ENDEREÇO

 

 

Para melhor atender a população de Samambaia e fornecer um espaço mais adequado para a realização do trabalho dos servidores, a Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh) inaugurará na quinta-feira (29), às 9:30h, o novo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) da cidade. A abertura contará com a presença do Governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, do secretário da Sedestmidh, Gutemberg Gomes, e da secretária adjunta do Desenvolvimento Social, Marlene Azevedo.

 

O Centro agora funcionará na QN 419, Área Especial 1, Samambaia Norte com espaço físico total de 3.560 metros quadrados. No local terá uma recepção, duas salas de atendimento individual, sala de arquivo, sala de atendimento com especialista em assistência social, sala de gerência, sala para o administrativo, outra para o almoxarifado e mais uma que será um depósito, cozinha, brinquedoteca e uma sala de múltiplas funções destinada para o desenvolvimento de grupos e atividades com a comunidade.

 

O espaço anterior foi cedido pela Administração Regional da cidade. Mesmo com o ambiente impróprio, a equipe composta por 18 profissionais, sendo um psicólogo, quatro assistentes sociais, três agentes sociais, uma gerente e uma assistente realizaram em agosto mais de 300 atendimentos e 68 encaminhamentos aos Centros de Convivência, Centro de Referência de Assistência Social, Conselho Tutelar, para a confecção de documentos pessoais, e outras unidades do Governo de Brasília. Toda a equipe do Creas Samambaia e as mobílias serão transferidas para o novo endereço, que começa a funcionar logo após a inauguração.

 

SERVIÇO: inauguração do novo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de Samambaia

LOCAL: QN 419, Área Especial 1, Samambaia Norte

MAIS INFORMAÇÕES: ASCOM SEDESTMIDH

3348-3591 

creas 1 creas 2 IMG-20160928-WA0066

14202702_1153803784683363_4432367925828431541_n

 

Um projeto inédito que une Rock ‘n Roll e sustentabilidade – esse é o Rock Ecologia Trilha

Parque, que vai levar 20 bandas e grupos para se apresentar em três parques vivenciais do

Distrito Federal: Parque do Bosque, em São Sebastião, no dia 18 de setembro; Três Meninas,

em Samambaia, no dia 25; e em Ceilândia, nos dias 01 e 02 de outubro.

As 20 atrações foram selecionadas por meio de um edital de chamamento público, a fim de

democratizar o acesso das bandas de rock independente às políticas de fomento cultural. O

resultado foi a mistura de grupos já consagrados e iniciantes, de diversas Regiões

Administrativas.

Realizado em convênio com o Ministério da Cultura, o Rock Ecologia vai realizar campanhas e

ações de conscientização ambiental, além de fortalecer a identidade de Brasília como

Capital do Rock. A proposta é prevenir a crescente degradação e o desmatamento do

ecossistema do cerrado no Distrito Federal e Entorno, com ações socioeducativas e

culturais que chamem a atenção da sociedade para a urgência em preservar esse

patrimônio ambiental.

Para fortalecer o objetivo ambiental do Rock Ecologia, a Novacap vai doar mudas de

árvores nativas do cerrado para serem plantadas. O Instituto Brasília Ambiental

(Ibram) também é parceiro e vai distribuir material educativo sobre o tema. A

programação vai das 10h às 18h, em São Sebastião e Samambaia; em Ceilândia, no dia

01/10 das 16h às 22h e no dia 02 das 10h às 18h. O horário visa proporcionar um dia

inteiro de muita música e convivência harmônica da comunidade com o meio

ambiente, além de ações de sustentabilidade.

Serviço

São Sebastião – Parque Ecológico do Bosque (Quadra 202, conjunto 1, s/n)

18 de setembro – das 10h às 18h

Samambaia – Parque Três Meninas (QR 611, Conjunto 1 – Samambaia Norte)

25 de setembro – das 10h às 18h

Ceilândia – QNP 11, Area Especial – P Norte 

01 e 02 de outubro – das 10h às 18h

d9bdb14eb0a9b1023a46137e4aceaf72_XL-350x330

A 79ª CORRIDA DO FOGO SIMBÓLICO DA PÁTRIA é uma tradicional solenidade do calendário oficial do DF, e marca a abertura da Semana da Pátria.

A Etapa Samambaia terá a participação de vários seguimentos e você é nosso convidado especial para a abertura que acontecerá nesse 01 de setembro, quinta, as 13:30 horas em frente ao estacionamento do Anexo 01(prédio de madeira) da Administração Regional de Samambaia, Setor Urbano, Quadra 302.

 

corrida

BK 30 DIAS VIRADA - Programação1 BK 30 DIAS VIRADA - Programação2

Aconteceu nesta última quarta-feira (03) o resumo do resultado da Pré Audiência com a presença dos administradores de Samambaia e Ceilândia.

 

13662278_897183680385632_8440244416770560084_o

 

13923309_897183713718962_1872081521034417607_o

 

Estão todos convidados para a Pré-Audiência Pública do Plano de Saneamento Básico e de Gestão integrada de Resíduos Sólidos, que acontecerá no dia 03 de agosto às 21Hs, na QNM 13, Àrea Especial, Módulo B – Ceilândia Sul.

 

centro urbano samambaia1

Samambaia foi criada no dia 25 de outubro de 1989, para assentar famílias oriundas de invasões e fundos de quintal, vindas de diversas partes do país para o Distrito Federal. Com a oficialização, através da lei 49 e decreto 11.291, se tornou a 12ª Região Administrativa do Distrito Federal – RA XII/DF, e passou a ser urbanizada.

O projeto urbanístico foi elaborado 11 anos antes, em 1978, pelo Plano Estrutural de Organização Territorial – PEOT implementado em 1982. Os primeiros lotes na cidade foram vendidos na quadra 406 e no Setor de Mansões Leste (hoje Taguatinga). Já em 1985, os primeiros moradores começaram a viver na cidade.

Três anos após as primeiras ocupações, foram construídas 3.381 casas destinadas a famílias de baixa renda, principalmente de funcionários públicos. A casa própria foi adquirida com o apoio do Sistema Habitacional de Interesse Social – SHIS mediante financiamento do Banco Nacional.

A partir de 1989 a cidade passou a receber um grande número de famílias em busca do seu 'lugar ao sol'. Hoje Samambaia figura entre as cidades que mais crescem no Distrito Federal e no Brasil, de olho no desenvolvimento sustentavel e qualidade de vida. 

 

Samambaia receberá neste fim de semana (9 e 10) atividades que visam à conscientização da comunidade sobre a separação correta dos resíduos. Nos dois dias, as ações ocorrerão a partir das 9 horas.

No sábado (9), será a vez das quadras 400 pares e, no domingo (10), das quadras 200 pares — locais em que a entidade atuará com a coleta. A atividade, que conta com o apoio do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), será promovida pela cooperativa Recicle a Vidaque iniciará a coleta seletiva na região na próxima semana.

Entre as ações está a entrega de informativos do SLU, que trazem dicas para a separação dos resíduos, como quais materiais são recicláveis e quais são orgânicos e rejeitos. Desmontar caixas de papelão para ocupar menos espaço e embalar materiais cortantes e pontiagudos para evitar ferimentos são outras dicas.

O Aterro Sanitário de Brasília é uma realidade próxima a acontecer. Você é nosso convidado para estar presente neste dia e esclarecer todas suas dúvidas:

AVISO DE CONVOCAÇÃO PARA AUDIÊNCIA PÚBLICA.

 

O Governo do Distrito Federal, por intermédio da Administração Regional de

Samambaia, CODHAB E SEGETH, convoca a população para Audiência Pública

referente a Regularização das Quadras QR 203, QR 204 e QR 611. A Audiência será

realizada no dia 17 de junho (sexta-feira) de 2016 às 19h na Quadra 420 conjuntos 08

lotes 01, SubCentro Leste Complexo de Furnas, no Auditório do SEST/SENAT.


Campanha de combate ao Aedes aegypti

MicrocefaliaBanner

Dengue zika chikum

Banner

 

 
 
Vídeos

Conheça os sinais e sintomas da Dengue, Zika e Chikungunya


Diferencas zika dengue chicu


 

Prevenção – Dengue, Zika e Chikungunya

 

previna-se-dengue-chikungunya-agencia-brasilia



Cartão agiliza inclusão de dados na Nota Legal

Começou nesta segunda-feira (4), o período de indicação dos créditos do Nota Legal para abatimento no IPVA e no IPTU. O prazo termina às 23h59 de 31 de janeiro! Quem não possui imóvel ou veículo pode indicar o crédito para terceiros, mas isso só vale para pessoas físicas.

Lembrando que você só poderá usar os créditos se não tiver dívidas de impostos ou taxas registradas em seu CPF. Mas caso tenha débitos com a Fazenda, é possível quitá-los até o final deste mês e, assim, participar do programa. Saiba como fazer a indicação e pegar mais informações:

Serviço passa a ser oferecido pela Secretaria de Fazenda do DF aos contribuintes inscritos no programa de incentivo

Os consumidores inscritos no Programa Nota Legal podem imprimir um cartão contendo seu nome completo e o CPF, acompanhados de um código de barras que pode ser lido diretamente pelos equipamentos óticos dos estabelecimentos participantes do programa.

O objetivo é tornar mais ágil a inserção do CPF dos contribuintes no documento fiscal, evitar erros no preenchimento desse dado e garantir mais rapidez na inserção dos créditos no programa. O serviço é gratuito.

O comerciante ou prestador de serviço que não informar corretamente ao Programa Nota Legal os documentos fiscais emitidos com números de CPF está sujeito à multa, aplicada por documento fiscal não declarado.

Para imprimir o seu cartão, clique aqui e acesse a área restrita.

 



Calendário nacional de quatro vacinas é alterado

Ministério da Saúde anunciou mudanças nos números de doses e nos esquemas de reforços. Novo cronograma já está em vigor no Distrito Federal

Da Agência Brasília

6 de janeiro de 2016 – 20:41

Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília – 20.5.2015Calendário nacional de quatro vacinas é alterado

 

Quatro vacinas estão com esquema e calendário novos em todo o País. O Ministério da Saúde alterou o número de doses contra a pneumonia e o HPV. Além disso, o prazo para reforço da vacina contra a meningite causada pelo meningococo C foi antecipado, e a terceira dose de combate à poliomielite passa a ser injetável, e não oral, como as duas primeiras doses. O novo cronograma já vigora nos postos de saúde do Distrito Federal (veja a tabela).

A partir de agora, meninas de 9 a 13 anos receberão duas doses da vacina contra o vírus do papiloma humano (HPV), com intervalo de seis meses. Antes, o esquema vacinal era de três doses. A mudança não inclui mulheres de 9 a 26 anos que convivam com o vírus HIV. Estas continuarão recebendo as três doses.

De acordo com o ministério, estudos recentes embasaram a alteração, pois mostraram que o esquema em duas doses em meninas saudáveis de 9 a 14 anos teve resposta de anticorpos não inferior quando comparada à imunização de mulheres de 15 a 25 anos que receberam três doses.

Para os bebês, houve redução nas doses da vacina que protege contra a pneumonia, a pneumocócica 10-valente. Em vez de três, ela passará a ser aplicada em duas doses — a primeira, aos 2 meses, e a segunda, aos 4 meses.

O reforço deve ser feito, preferencialmente, aos 12 meses, mas pode ser administrado até os 4 anos. A terceira dose da pneumocócica, que foi cortada, era tomada aos 6 meses. Bebês que já receberam outras doses também estão no calendário atual: têm de pular a terceira dose e tomar o reforço na idade informada. A eficácia, segundo o ministério, é a mesma.

Pólio
A terceira dose da vacina contra poliomielite, administrada aos 6 meses, deixa de ser oral e passa a ser injetável. Assim, todas as três doses de combate à paralisia infantil serão com vacina inativada, na forma injetável. Já os reforços continuam por via oral. As datas de vacinação não se alteram: as doses continuam aos 2, 4 e 6 meses; e os reforços, aos 15 meses e aos 4 anos. Crianças que já receberam a terceira dose da pólio por via oral devem seguir para os reforços normalmente.

Na vacina meningocócica C (conjugada), que protege as crianças contra a meningite causada pelo meningococo C, a mudança foi na data do reforço. Antes aplicado aos 15 meses, passa, preferencialmente, para os 12 meses, podendo ser tomado até os 4 anos. A imunização continua em duas doses, aos 3 e aos 5 meses.

Vamos bater na mesma tecla porque é importante: o combate à dengue, à febre chikungunya e ao zika vírus depende de todos nós. Governo + população. E não a importa a época: faça chuva, faça sol, sempre temos que tomar os cuidados necessários. Para relembrar, fizemos uma listinha com dicas importantes para vencer o mosquito transmissor.

  • Deixe a caixa d'água sempre fechada com tampa adequada
  • Mantenha ralos limpos e com telas
  • Guarde garrafas sempre de cabeça para baixo
  • Troque a água por areia nos pratos dos vasos de planta
  • Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada
  • Não deixe a água da chuva acumular e ficar parada
  • Coloque cloro nas piscinas
Os Bancos de Leite e os Postos de Coleta de Leite Humano (BLH/PCLH) têm como missão promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno; coleta, processamento e distribuição do leite humano. Além destas atividades, os bancos de Leite Humano também realizam seleção, classificação, processamento, controle de qualidade e distribuição do leite humano pasteurizado, visando a redução da mortalidade infantil e a melhoria da qualidade de vida da população. Os dez bancos de leite humano da rede pública do Distrito Federal tem classificação de Padrão Ouro pelo Programa Internacional Ibero-Americano de Bancos de Leite Humano. As ações e políticas públicas também tornaram o DF o local mais próximo no mundo a conquistar a autossuficiência de leite materno. Essas medidas foram apresentadas a representantes de 23 países da Rede Global de Bancos de Leite Humano que estiveram na cidade para conhecer a rede BLH-DF. A rede do DF também é considerada a mais bem equipada do país, o que foi comprovado pelo último relatório da Rede Brasileira de Banco de Leite. Além disso, a 3ª edição da Carta de Brasília será seguida, durante cinco anos, por 24 países e foi resultado da união de esforços para a expansão e a qualificação da Rede Latino-ibero-afro-americana de Bancos de Leite Humano (rBLH).
 
Coleta de Leite Materno
A coleta de leite humano pode ser feita em casa e doado às unidades de Banco de Leite do DF. A mãe doadora deve efetuar a coleta de acordo com a técnica descrita abaixo. Após terminar a coleta, fechar bem o vidro, colocar a data da primeira coleta e guardar imediatamente no congelador da geladeira ou no freezer, por até 10 dias. Entrar em contato com o BLH/PCLH mais próximo de sua casa (veja abaixo a lista de telefones). Caso a doadora não possa levar, também pode solicitar e agendar por telefone pelo Disque 160, opção 4. A SES/DF tem uma parceira com o Corpo de Bombeiros do DF que recolhe nas casas o leite doado. 
Para coletar para o seu próprio filho tenha esses mesmos cuidados, pois a técnica não muda. 
*Doadora é toda mulher em boas condições de saúde, com excesso de leite e que se disponha a doar voluntariamente.
 

Cuidados que se deve tomar

•Para armazenar o leite, utilizar um frasco de vidro com tampa de plástico (como os de café solúvel ou de maionese).
•Colocar vidros e tampas ( sem rótulo e o papel branco de dentro da tampa) numa panela e cobri-los com água.
•Ferver tudo por 15 minutos (contar o tempo a partir do início da fervura).
•Deixar vidros e tampas escorrerem sobre um pano limpo até secar. Fechar os vidros sem tocar na parte interna das tampas.
•Colocar uma touca ou lenço para cobrir os cabelos.
•Colocar uma fralda ou máscara sobre o nariz e a boca.
•Lavar as mãos e braços até o cotovelo com sabão e água em abundância.
•Antes de iniciar a coleta, lavar as mamas apenas com água.
•Secar as mãos e as mamas com uma toalha limpa.
•Procurar um lugar limpo e tranquilo para retirar o leite. Evitando banheiro e cozinha.
•Evitar conversar durante a retirada do leite.
•Retirar o leite quando as mamas estiverem muito cheias, antes ou depois das mamadas.

Técnica 
Antes de iniciar a retirada, é importante:
 
1. Massagear as mamas utilizando a polpa dos dedos fazendo movimentos circulares no sentido da aréola (parte escura) para o corpo;
2. Balançar as mamas com o corpo inclinado para frente para facilitar a saída do leite.
3. Colocar o polegar acima de linha onde acaba a parte escura da mama e os outros dedos abaixo. Firmar os dedos. Empurrar para trás em direção ao corpo. Tentar aproximar a ponta do polegar com as pontas dos outros dedos, apertando e soltando até o leite sair.
4. Desprezar as primeiras gotas ou jatos. Abrir o vidro. Colocar a tampa com a boca virada para cima sobre um pano limpo.
5. Colher o leite no frasco, colocando-o debaixo da aréola. Após terminar a coleta, fechar bem o vidro.
6. Identificar o vidro com a data da 1ª coleta.
7. Para doação, esse leito poderá ficar armazenado no congelador ou freezer até 10 dias. 
8. Para consumo do próprio bebê, pode ficar armazenado no congelador ou freezer até 15 dias.

Nas coletas seguintes, para completar o volume do leite no frasco que já está congelado, proceder desta maneira:

1.Ferver um copo de vidro por 15 minutos (contar o tempo a partir do início da fervura) e deixar sobre um pano limpo até secar. Coletar o leite neste copo.
2.Colocar o leite recém coletado sobre aquele que já está armazenado no freezer ou no congelador. Guardar novamente.
3.Este procedimento deve ser repetido até faltar aproximadamente dois dedos abaixo da tampa.
4.Antes de completar 10 dias do início da coleta, entrar em contato com o Banco de Leite Humano ou Posto de Coleta do hospital mais próximo de sua casa.
5.Uma funcionária ou uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal irá até a sua casa para apanhar o leite.
6.O leite coletado também pode ser entregue diretamente ao Banco de Leite Humano ou Posto de Coleta. Transportar congelado em um recipiente de isopor sem gelo.
7.Todo leite coletado e doado ao Banco de Leite Humano e Posto de Coleta é processado, pasteurizado e feito controle de qualidade. Este leite destina-se às crianças prematuras e/ou doentes internadas nos hospitais do Distrito Federal.


Como oferecer leite humano em casa
1.Guardar o leite retirado do peito na 1ª prateleira da geladeira, somente se for ultilizar nas próximas 12 horas.
2.Estocar em congelador ou freezer por no máximo 15 dias.
3.Lavar as mãos e braços com água e sabão.
4.Colocar água potável em uma panela com volume suficiente para ultrapassar o nível do leite no frasco.
5.Aquecer até temperatura tolerável, sem queimar os dedos.
6.Desligar o fogo. Colocar o frasco com leite na água aquecida. Agitar o frasco para facilitar o aquecimento.
7.Caso o leite esteja congelado, repetir o processo até que não reste nenhuma pedra de gelo.
8.O leite que restar no frasco pode ser guardado na 1ª prateleira da geladeira por no máximo 12 horas.
9.Dar o leite sempre em colher ou copinho devidamente limpos e fervidos.


Importante – Orientação para a mãe

Toda mãe que precise se ausentar de casa por motivo de trabalho, estudo, etc ou que tenha seu filho internado (prematuro ou doente), deve aprender a coletar, conservar e armazenar seu leite para o próprio filho. Retirando leite, a mãe mantém a produção e seu filho é alimentado adequadamente quando ela precisar se ausentar.
Bebês alimentados somente com leite humano nos seus primeiros seis meses de vida, e que continua mamando até os dois anos ou mais, são mais fortes, saudáveis e mais inteligentes.
Nunca recongele o leite humano.
Nunca deixe seu filho mamar no peito de outra mulher e não ofereça leite que não seja seu ou do banco de leite.
Não utilizar chucas, mamadeiras ou chupetas, porque elas atrapalham a amamentação, podendo o bebê até deixar de mamar. 


 
Folders – Saúde da Criança
 
 


Procedimento para coleta manual e armazenamento de leite humano

Caso você:

• deseje doar seu leite;
• necessite de orientações sobre amamentação;
• esteja com problemas nas mamas no período da amamentação; 
entre em contato com o Banco de Leite ou Posto de Coleta mais próximo de sua casa.

Email: coordenacaoamblh.sesdf@gmail.com” >coordenacaoamblh.sesdf@gmail.com 

Telefones: 

BLH HFA (Forças Armadas) – 3966.2250
BLH HRAN (Asa Norte) – 3325.4207
BLH HRAS (Asa Sul) – 3445.7597
BLH HRBZ (Brazlândia) – 3479.9643
BLH HRC (Ceilândia) – 3372.9652
BLH (Gama) – 3384.0337
BLH (Planaltina) – 3388.9794
BLH HRPA (Paranoá) – 3369.9980
BLH HRS (Sobradinho) – 3387.3993
BLH HRSM (Santa Maria) – 3392.6287
BLH HRT (Taguatinga) – 3352.6900
BLH HUB (Universitário de Brasília) – 2028.5391
P. de Coleta São Sebastião – 3339.1125
P. de Coleta HRSAM (Samambaia) – 3458.9811

Mês de outubro chegou e com ele as comemorações do aniversário da cidade de

Samambaia, com isso a Administração de Samambaia esta promovendo uma série de atividades

em parceria com outros órgãos públicos proporcionando entretenimento e melhorias para todos.

Essas celebrações são preparativas para a Festa Oficial de Aniversário a se realizar no

dia 24 de Outubro do corrente ano.

 

Programação1

Nesta manhã de sexta(11), cerca de 400 jovens de Samambaia compareceram a cerimônia de Juramento a Bandeira, e foram surpreendidos com o Balcão de Oportunidades, uma parceria com a iniciativa privada e diversos órgãos. Através dessa parceria, os jovens foram recebidos com um café da manhã, além de terem tido a oportunidade de usufruir de descontos exclusivos em cursos preparatórios, faculdade, academia, sorteios, entre informações como empreendedorismo entre outros.

 

A 78ª CORRIDA DO FOGO SIMBÓLICO DA PÁTRIA é uma tradicional solenidade do calendário oficial do DF, e marca a abertura da Semana da Pátria.
A Etapa Samambaia terá a participação de vários seguimentos como: Coordenação Regional de Ensino; Projeto Bombeiro Mirim, Centro Olímpico Rei Pelé; diversos projetos Esportivos e Sociais de Samambaia, comunidade em geral, e acontecerá na primeira avenida sul, altura da quadra 120, com concentração as 14:30 horas, neste 01 de setembro/2015.
Confira a programação: 
14h30 – Início Concentração.
15h15 – Início da Corrida de Condução do Fogo Simbólico da Pátria, na QS 120, Primeira Avenida Sul. 
15h45 – Chegada no estacionamento da Administração Regional para Cerimônia Cívica.
15h45 – Entrega do Fogo Simbólico da Pátria ao Administrador Regional de Samambaia, ao Comandante do 11º Batalhão de Policia Militar e Comandante do 37º Grupamento de Bombeiro Militar.
15h50 – Hasteamento das bandeiras com execução do Hino Nacional Brasileiro pela Fanfarra do Centro de Ensino Fundamental 507 de Samambaia.
16h00 – Acendimento da Pira com o fogo simbólico da Pátria.
16h05 – Fala das Autoridades presentes
16h20 – Apresentação do Projeto Bombeiro Mirim 
16h30 – Apresentação do Coral projeto Embalando Sonhos.
16h35 – Encerramento 
CONDUÇÃO DO FOGO SIMBÓLICO DA PÁTRIA
Atletas Participantes 
Atleta feminina destaque dos jogos Escolares de Samambaia
Atleta destaque dos jogos Escolares de Samambaia
Atleta de Taekwondo Projeto Superar 
Atleta da Melhor Idade Centro Olímpico de Samambaia
Atleta Deficiente Físico Centro Olímpico Samambaia
Atleta Projeto Bombeiro Mirim Samambaia 
Atleta do projeto correndo com Joaquim Cruz 
Atleta Principal 
Maria Barroso da Costa Filha – Moradora da QR 127 de Samambaia, ganhadora da 45ª Corrida de Reis de Brasília, no ano 2015. Projeto Correndo com Joaquim Cruz, do instituto Joaquim Cruz, desenvolvido em Samambaia desde 2005.
A confirmar – Shirlene Coelho – Atleta paraolímpica, medalha de ouro nos Jogos Paraolímpicos de Londres. A atleta Shirlene Coelho conquistou a medalha de ouro no lançamento de dardo, categoria F37/38 (para paralisados cerebrais ambulantes). Está participando dos jogos pan-americano em 2015
INFORMAÇÕES: 3359-9320

O comércio local de Samambaia recebeu na última quinta(27), a campanha ‘DE OLHO NO COMÉRCIO MAIS SEGURO”, que traz orientações e dicas de segurança aos comerciantes. A ação iniciou no comércio da QR 406-408, e além de intensificar o policiamento na região, distribuiu 5 mil panfletos com dicas de segurança. Na oportunidade, a TV Globo esteve no local e registrou a campanha.

Na noite desta quinta(27), a Administração Regional de Samambaia abriu os portões para que acontecesse a Audiência Pública da Câmara Legislativa, requerida pelo Deputado Júlio César, a fim de que discutíssemos sobre a possível regularização dos “Puxadinhos” em nossa cidade. Mais de 300 pessoas da comunidade compareceram, aproveitando para expor suas reivindicações em outras áreas.


Projeto “Circuito Popular de Cinema”, com exibições de filmes gratuitos de longa-metragem e curta-metragem durante 03 dias.
Apoiado pelo FAC – Fundo de Apoio à Cultura do DF, a realizar-se nos dias 30 e 31 de julho e 01 de agosto de 2015 na Praça do Cidadão em Samambaia Sul na QR 519.
Compareçam!!

Samambaia realiza Pré-Conferência Regional de Saúde

BRASÍLIA (15/6/15) – Samambaia realizará nos dias 16 e 17 de junho, das 8h às 12h, a Pré-Conferência Regional de Saúde, que contará com a participação de usuários, trabalhadores, prestadores de serviços, gestores da saúde e do Conselho Regional de Saúde. O evento será na Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS), na quadra 301, conjunto 04 – Centro Urbano de Samambaia.

O objetivo dessa fase de mobilização será discutir as prioridades locais de saúde da população, com a elaboração de propostas a serem apresentadas na Conferência Regional da Região Sudoeste, no dia 24 de junho, que, posteriormente, serão levadas à 9ª Conferência de Saúde do Distrito Federal, que acontecerá nos dias 20 e 21 de julho.

No primeiro dia (16), serão apresentados e discutidos os eixos temáticos, elaboradas propostas que visam atender as necessidades da população de Samambaia e melhorar a assistência à saúde, além de eleger os delegados. No dia 17, as propostas serão votadas e organizadas para serem levadas às demais Conferências.

A 9ª Conferência de Saúde do Distrito Federal, que tem como tema central “Saúde Pública de Qualidade para Cuidar Bem das Pessoas; Direito do Povo Brasileiro”, é uma etapa preparatória para a 15ª Conferência Nacional de Saúde, que será realizada em Brasília, no mês de dezembro.

Conferência – A Conferência de Saúde tem como objetivos, dentre outros, efetivar os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde – SUS; mobilizar e estabelecer diálogos com a sociedade brasileira acerca do direito à saúde e em defesa do SUS; fortalecer a participação e o controle social no SUS; avaliar a situação de saúde, elaborar propostas, a partir das necessidades de saúde e participar da construção das diretrizes do Plano Plurianual – PPA e dos Planos Municipais, Estaduais e Nacional de Saúde, no contexto dos 25 anos do SUS; aprofundar o debate sobre as reformas necessárias à democratização do Estado, em especial as que incidem sobre o setor saúde.

Samambaia – A Regional de Saúde de Samambaia dispõe atualmente de aproximadamente 1800 servidores, atuando em 16 unidades de saúde: o Hospital Regional de Saúde (HRSam); uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA); quatro centros de saúde; quatro clínicas da família, três Unidades Básicas de Saúde (UBS), dois Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), um para pessoas adultas em sofrimento mental grave e outro voltado para usuários adultos de álcool e drogas, e, também, uma Unidade de Acolhimento Residencial Transitório (UA).

Além disso, a região administrativa conta ainda com a atuação de um Conselho Regional de Saúde, que é composto por Usuários (50%), Trabalhadores (25%) e Gestores do Sistema Público de Saúde (25%), sendo 16 titulares e 16 suplentes, totalizando 32 membros. As reuniões do Conselho acontecem sempre na primeira quarta-feira de cada mês, no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS-AD), na QS 107, às 14h. Fonte: Ascom HRSAM

Voz Ativa no Planejamento quer ouvir população para planejar o futuro de Brasília O Governo de Brasília inicia, nesta quinta-feira (23/7), o projeto Voz Ativa no Planejamento. Serão quatro encontros, em diferentes eixos do DF, com o objetivo de colher contribuições da população, que integrarão o plano de governo para os próximos quatro anos. A primeira atividade será em Samambaia, na Quadra esportiva localizada na 301 Área Especial – Centro Urbano (ao lado do estádio regional), a partir das 19h30. Mas também estão convidados moradores de Taguatinga, Ceilândia, Vicente Pires, Águas Claras e Brazlândia. No evento, haverá agentes de acolhimento para orientar o cidadão sobre como participar. As sugestões poderão ser feitas de forma oral, limitadas até 60 inscrições por ordem de chegada; e escrita, sem limitação de inscrição. Todas as demandas serão colhidas e analisadas. As pertinentes serão encaminhadas para a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), enquanto as que não forem pertinentes serão respondidas posteriormente. Quem não puder comparecer ao Voz Ativa, poderá preencher formulário eletrônico, que estará disponível no sítio da Seplag, até o fim de agosto. O projeto Voz Ativa no Planejamento se configura em audiências públicas mais dinâmicas e colaborativas, para atender à exigência da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), no que se refere ao Plano Plurianual (PPA). Como se trata de planejamento fundamental para o governo, o PPA tem sido construído sob dois eixos centrais: participação popular e alinhamento orçamentário dos projetos estruturantes. Sobre o PPA O Plano Plurianual (PPA) é um documento legal previsto no artigo 165, da Constituição Federal de 1988. No Distrito Federal, esse plano foi instituído pela Lei Orgânica do Distrito Federal. O PPA é o principal instrumento de planejamento de médio prazo do governo, uma vez que define as diretrizes, objetivos e metas da administração pública local, para um período de quatro anos. Sua execução se dá, anualmente, por meio das Leis Orçamentárias (LOAs). O PPA que se encontra em construção servirá como balizador dos programas e políticas públicas governamentais entre 2016 e 2019

Saiba o que temos no PLANO DE OBRAS/2015 do Governo de Brasília, divulgado nesta quinta(16) para SAMAMBAIA!
• Recuperação de vias urbanas e asfalto novo(já começou)
• Recuperação e implantação de meios-fios e calçadas
• Construção de terminais rodoviários(Samambaia Sul e Norte)
• Entregas de unidades habitacionais e escrituras(Residencial H4 – total 1.008 unidades – já entregues 224, até o fim de 2015: 506, 1º semestre/2016:278)
• Obras de expansão do Metrô(02 estações em Samambaia, previsão de conclusão 2018)
• Implantação do Aterro Sanitário Oeste

01/julho: Centros olímpicos e paraolímpicos abrem vagas para atividades esportivas
Interessados devem ficar atentos, já que inscrições disponíveis são rapidamente preenchida

Os centros olímpicos e paraolímpicos do Distrito Federal abrem vagas, a partir desta quarta-feira (1º), para a prática de mais de 30 atividades esportivas. Os interessados devem comparecer a uma das 11 unidades distribuídas por Brasília, das 8 às 12 horas ou das 14 às 18 horas, para fazer a pré-matrícula. Tanto as inscrições quanto as aulas são gratuitas e atendem pessoas a partir dos 4 anos de idade.
São 8 mil vagas — uma média de 700 por unidade — em atividade física orientada (para idosos), atletismo, basquete, boxe, bocha, capoeira, capoterapia, desenvolvimento motor (para crianças), futebol de areia, futebol society, futsal, ginástica localizada, ginásticas rítmica, acrobática e artística, handebol, hidroginástica, caratê, jiu-jitsu, natação, pilates, tênis, voleibol e judô. A procura é grande, e os interessados devem ser rápidos se não quiserem perder a oportunidade.
Feita a pré-matrícula, os inscritos têm até 20 dias para entregar as cópias e os originais da documentação exigida: atestado médico, uma foto 3×4, carteira de identidade e CPF. Menores de 18 anos devem apresentar o comprovante de residência atual, a declaração escolar, a certidão de nascimento, a identidade e o CPF dos pais, um atestado médico e o documento de guarda ou autorização do conselho tutelar — caso o responsável não seja o pai ou mãe, além de uma foto 3×4.
Pessoas com deficiência
Os centros também oferecem vagas para pessoas com deficiências. Entre as modalidades estão parabadminton, vôlei sentado, natação, atletismo, basquete em cadeira de rodas, bocha adaptada, tiro com arco, basquete, atividade física orientada, tênis de mesa, hidroginástica, futsal, hidroestimulação e goalball (futebol para cegos).
Nesse caso, os interessados devem procurar a Coordenação de Pessoas com Deficiências, nos próprios centros, onde o aluno será encaminhado a uma modalidade, de acordo com aquelas oferecidas.
CENTRO OLÍMPICO DE SAMAMBAIA: 3359-7165/ QS 119, Área Especial, Samambaia Sul

Administração Regional de Samambaia

Telefone: 9808-5520 / 8553-4774 / 3359-9317 / 3359-9300 ramal 9317
E-mail:   COMUNICACAO.SAMAMBAIA@GMAIL.COM

Twitter: @admdesamambaia
Site: www.samambaia.df.gov.br


Em parceria com a Novacap, administração regional trabalha duro para limpar a região

BRASÍLIA (25/6/15) – Colaboradores da Administração Regional de Samambaia e caminhões da Novacap se revezam em áreas críticas da cidade com o objetivo de recolher lixo, entulho, além de realizar podas de árvores.
As demandas são direcionadas pela população ou através de vistorias constantes da administração em áreas que exigem um maior cuidado no quesito limpeza.
Ações como essas são importantes não somente pela limpeza, mas também contribuem para aumentar a segurança daqueles locais, uma vez que árvores sem a devida poda são constantes esconderijos de meliantes.
Próxima ação será envolvendo descarte de pneus usados.


 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO – ASCOM

 

Administração Regional de Samambaia

Telefone: 9808-5520 / 8553-4774 / 3359-9317 / 3359-9300 ramal 9317

E-mail:  COMUNICACAO.SAMAMBAIA@GMAIL.COM / ASCOM@SAMAMBAIA.DF.GOV.BR

Facebook: https://www.facebook.com/administracaoregionaldesamambaia

Blog: http://ascomsamambaiadf.blogspot.com.br/

Twitter: @admdesamambaia

Site: www.samambaia.df.gov.br


Atenção Samambaia!
Tragam suas demandas, sugestões e propostas aos deputados distritais.
Dia 18/junho das 15h as 18 horas.
Local: Primeira Avenida – Qd 206/406(lateral da PEC)
Samambaia Norte

Diálogos Culturais de Samambaia discute pautas para a região

Evento contou com a presença da Subsecretária de Cultura do DF

 

(Brasília, 3/6/2015) –  O Sest Senat de Samambaia foi palco de um encontro, nesta segunda-feira (1),  promovido pela Administração Regional de Samambaia – “Diálogos Culturais”. O objetivo é de estreitar as demandas culturais desta cidade junto a Secretaria de Cultura. Entre os presentes estavam os integrantes do Conselho de Cultura de Samambaia, bem como a subsecretária Adjunta de Cultura do DF, Nanan Catalão, que mostrou-se sensível as reivindicações para as ações no campo cultural de Samambaia.

 

Operação “Tarefa Limpeza” retira cerca de 600 toneladas de lixo em Samambaia
Operação em parceria com a Novacap trabalhou pela limpeza de nossa cidade

(Brasília,03/6/15) – Recuperação de boca de lobo, podas de árvores, retirada de lixo/entulho foram ações realizadas em conjunto com a Novacap a fim de conseguir limpar a cidade de Samambaia.
Em apenas 03 dias, um verdadeiro mutirão movimentou colaboradores da Administração Regional de Samambaia e Novacap, que juntos conseguiram recolher cerca de 600 toneladas de lixo/entulho espalhados em pontos críticos da cidade.
Devido a grande demanda, outra operação será marcada em breve para atender outras áreas. 
Acompanhe o “antes e o depois” de alguns pontos atendidos:

Serviço: Ascom Samambaia

Maiores informações:

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO – ASCOM

Administração Regional de Samambaia

Telefone: 9808-5520 / 8553-4774 / 3359-9317 / 3359-9300 ramal 9317

E-mail:  COMUNICACAO.SAMAMBAIA@GMAIL.COM” target=”_blank” >COMUNICACAO.SAMAMBAIA@GMAIL.COM / ASCOM@SAMAMBAIA.DF.GOV.BR” target=”_blank” >ASCOM@SAMAMBAIA.DF.GOV.BR

Facebook: https://www.facebook.com/administracaoregionaldesamambaia

Blog: http://ascomsamambaiadf.blogspot.com.br/

Twitter: @admdesamambaia

Site: www.samambaia.df.gov.br

Ordem de serviço assinada pelo governador prevê a recuperação de 130 quilômetros de vias urbanas em várias regiões administrativas
Em mais um esforço para honrar os compromissos da gestão passada, o governador Rodrigo Rollemberg assinou, na manhã desta quinta-feira (21), ao lado do presidente da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), Hermes de Paula, uma ordem de serviço para a retomada das obras de asfaltamento de diversas regiões administrativas de Brasília. O trabalho estava interrompido desde o fim de 2014 por falta de recursos. As obras serão concluídas com R$ 43 milhões dos R$ 500 milhões tomados de empréstimo com o Banco do Brasil, em 29 de janeiro, com destinação exclusiva a obras de mobilidade e infraestrutura.
Serão realizados serviços como fresagem, recapeamento asfáltico, drenagem e sinalização horizontal. As obras vão recuperar 130 quilômetros de vias urbanas e beneficiarão os moradores de: Ceilândia, Taguatinga, Brazlândia, Varjão, Lago Norte, Paranoá, Itapoã, Samambaia, São Sebastião, Lago Sul, Jardim Botânico, Setor de Áreas Isoladas (SAI), Setor Complementar de Indústrias e Abastecimento (SCIA), Estrutural, Núcleo Bandeirante, Cruzeiro, Sudoeste, Octogonal, Candangolândia, Santa Maria, Guará, Riacho Fundo I e II, Planaltina, Gama, Recanto das Emas, Águas Claras e Park Way.
“Um asfalto novo e de qualidade é garantia de segurança e paz no trânsito, além de melhor manutenção dos veículos”, frisou o governador. Rollemberg lembrou outras obras que estão sendo realizadas com o dinheiro do empréstimo feito no Banco do Brasil, como o Parque do Riacho Fundo II e os serviços de drenagem e pavimentação em Vicente Pires e no Sol Nascente. “Estamos trabalhando para melhorar a infraestrutura nas comunidades.”
O presidente da Novacap, Hermes de Paula, disse que os trabalhos de pavimentação serão fiscalizados, garantindo, assim, a qualidade do asfalto, frequentemente questionada pelos cidadãos. “Vamos trabalhar para dar uma resposta positiva a essas dúvidas e não frustrar a comunidade”, assegurou. Ainda de acordo com ele, a perspectiva da Novacap é construir 2 mil quilômetros de vias até 2017.
Também estiveram presentes na solenidade, na sede da Novacap, o vice-governador Renato Santana e o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Julio Cesar Peres. Esta é a segunda etapa do programa de asfaltamento de Brasília. Uma terceira fase está prevista, porém se encontra em processo de licitação.
Fonte: Agência Brasilia

Evento foi realizado em comemoração ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial
BRASÍLIA (21/5/15) – Mais de 300 pessoas participaram nesta quarta-feira (20) da caminhada “V Passo da Saúde Mental”, promovida pelo Centro de Atenção Psicossocial (CAPS III) de Samambaia. O evento foi em referência ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial, comemorado em 18 de maio.
Sebastião de Oliveira, 65 anos, veio de Porto Velho, Rondônia, para acompanhar a irmã na caminhada. “O CAPS não só ajudou a minha irmã, mas a salvou. É muito bom poder levar esse conhecimento às pessoas. Pois, nem todo mundo é louco”, disse.
“Faço tratamento no CAPS desde setembro e é muito bom. É a primeira vez que participo da caminhada. É importante para mostrar às pessoas que a saúde mental precisa de atenção tanto quanto as outras doenças. Muitas pessoas não sabem nem o que é”, desabafa a paciente Maria Delfina.
A gerente do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS III) de Samambaia, Laila Melo Dantas, enfatizou o sucesso da caminhada. “Estou muito feliz. Quero parabenizar a minha equipe do CAPS, em especial, a comissão de eventos, que conseguiu mobilizar muita gente. Essa quinta edição está sendo um sucesso, pois tivemos uma maior mobilização dos usuários, familiares”, relatou.
Laila Melo ressaltou ainda o significado do ato. “Trata-se de uma oportunidade de contato e inclusão da loucura no espaço da comunidade e de repúdio ao preconceito. Esse evento foi para que sejam reconhecidos como pessoas de dignidade, respeito, autonomia e amor”, completou.
A caminhada foi organizada pelo CAPS III, com o apoio e presenças do CAPS AD, da Administração Regional de Samambaia, Coordenação Regional de Ensino, Rede Social, de voluntários e comerciantes da comunidade, como o Projeto Yoga para Todos, Sindate, Conselho Regional de Psicologia, e, também, da Diretoria Regional de Atenção Primária à Saúde, centros de saúde, clínicas da família, usuários, familiares, servidores, entre outros.
CAPS – A unidade CAPS III é destinada ao atendimento de pessoas com sofrimento psíquico grave, por meio de estratégias assistenciais de reabilitação psicossocial e reinserção social, que são implementadas na unidade, por meio da participação do usuário em grupos psicoterápicos, oficinas de expressão e produção, acompanhamento medicamentoso, atendimentos individuais, atendimentos familiares, entre outros.
O CAPS conta atualmente com aproximadamente 1700 prontuários ativos e realizou 5.328 atendimentos no 1º quadrimestre deste ano.
A unidade está localizada na quadra 302, Conjunto 05, Lote 01, no Centro Urbano de Samambaia. O funcionamento é de segunda à sexta-feira, das 7h às 12h e das 13h às 18h, com acolhimento aberto em todos os turnos, exceto nas terças pela manhã e sexta, à tarde.
Além do CAPS III, para pessoas adultas em sofrimento mental grave, os serviços de saúde mental em Samambaia compreendem também o CAPS AD III, voltado para usuários adultos de álcool e outras drogas, e os serviços oferecidos pela Unidade de Acolhimento Residencial Transitório (UA), vinculada ao CAPS AD III.
Fonte: ASCOM/HRSAM
Fotos: ASCOM Samambaia

Atendimento domiciliar pode reduzir gastos públicos em até 70%
Além disso, diminui riscos de infecção do paciente e desocupa leitos

BRASÍLIA (18/5/15) – Apesar da crise que afetou a saúde pública do DF, o atendimento dos Núcleos Regionais de Atendimento Domiciliar (NRAD), do Programa de Internação Domiciliar da Secretaria de Saúde do DF, apresentou avanços significativos nesses primeiros meses de gestão. O atendimento se manteve normal e houve reforço de carros e novas camas.
“Como as equipes são específicas para o atendimento domiciliar, não dependem de escala. Em razão disso, não atrapalha as visitas aos pacientes”, destaca a gerente de Atenção Domiciliar da Secretaria de Saúde, Maria Leopoldina de Castro. Desde o início do ano, o programa tem mantido uma média de cerca de 1.100 pacientes, que podem entrar ou sair deste tipo de atendimento dependendo da melhora ou agravamento da doença.
Leopoldina diz que o atendimento foi, inclusive, facilitado com a aquisição de 30 veículos modelo Doblô para levar os profissionais até os pacientes. Foi a primeira vez que o programa recebeu uma frota exclusiva para essa finalidade. Os recursos para a aquisição, na ordem de R$ 1,8 milhão, vieram do Ministério de Saúde.
Atualmente, 16 equipes multiprofissionais atuam em todas as 15 coordenações regionais de saúde. De acordo com o secretário de Saúde, João Batista de Souza, em breve devem ser credenciadas quatro equipes junto ao Ministério da Saúde. Com isso, o DF poderá receber mais R$ 200 mil mensais do governo federal.
Segundo o subsecretário de Atenção Primária à Saúde, Berardo Nunan, o programa deverá ser ampliado em breve, conforme o plano de ampliação da atenção básica na rede de saúde pública do DF. “Muitos pacientes atendidos pelos núcleos têm perfil para serem atendidos por equipes de saúde da família. Sendo assim, quando ampliarmos as equipes de saúde da família, teremos mais vagas para atendimento domiciliar”, explica.

Uma das pacientes atendidas pelo programa, a moradora de Samambaia, Maria Ramos, 81 anos, tem Alzheimer há cerca de 20 anos. Nos últimos seis anos ela vem sendo assistida pelos profissionais do NRAD. “Acho que se não fosse por eles, ela já teria morrido”, conta a filha de Maria, Ana Luiza Ramos. Ela diz que a mãe perdeu os movimentos e já não se alimentava mais.

Hoje, Maria Ramos vive em uma maca, alimenta-se por sonda e respira por traqueostomia. Os cuidados diários ela recebe da carinhosa filha, que dorme no mesmo quarto da mãe. “Assim é melhor, porque qualquer coisa que ela sente eu estou por perto. E fico num lugar confortável. No hospital, às vezes eu não tinha nem cadeira para me sentar. Sem contar que com ela aqui nunca temos problemas com falta de médicos e para fazer exames. Os profissionais do NRAD fazem tudo”, observa.
.

PROGRAMA- O atendimento domiciliar existe no DF desde 1994, quando era feito informalmente, por profissionais que trabalhavam de forma voluntária. Em 2006, o Ministério da Saúde publicou uma portaria da internação domiciliar, evoluindo, em 2011, com o lançamento do programa Melhor em Casa. “Nessa redefinição, o governo federal passou a disponibilizar recursos financeiros para cada município ou estado que aderisse à essa política. Com isso, recebemos um quantitativo mensal de R$ 50 mil para as equipes multiprofissionais”, diz Maria Leopoldina.

A equipe é formada por médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, fisioterapeuta e assistente social. Mas outros profissionais também podem compor o grupo, como fonoaudiólogo, nutricionista, terapeuta ocupacional, odontólogo, psicólogo e farmacêutico.

Para ter acesso aos serviços do Programa de Internação Domiciliar no DF, o paciente ou responsável por ele deve entrar em contato com o NRAD da região onde mora. A solicitação de internação domiciliar sempre será realizada por meio de Relatório Médico detalhado, proveniente tanto dos serviços da da rede de saúde como Clínica da Família, centros de saúde, hospitais e UPA, quanto dos próprios familiares e/ou responsáveis pelo paciente.

Dentre os critérios de admissão estão: residência e domicílio comprovado no Distrito Federal; cuidador identificado e quadro clínico compatível com o perfil do serviço.

– NRAD Samambaia: 3458-9871. E-mail: nradsamambaiadf@gmail.com

Fonte: Ascom Secretaria de Saúde/DF

Samambaia terá a 1ª Feira de Artesanato

Administração Regional promove evento e atende reivindicação dos artesãos

 

(Brasília,5/5/15) – O estacionamento da Feira Permanente de Samambaia, localizada na QN 202, será palco de um festival de artesanato, a Fecothur Samambaia, no sábado (9). O evento contará ainda com praça de alimentação, shows regionais e entrega das premiações da Copa Samambaia de Jiu Jitsu.

Esse evento é a resposta de uma antiga reivindicação dos artesãos locais, que solicitavam apoio em um evento deste porte, a fim de expor e vender seus trabalhos.

 

Após algumas reuniões com a classe, a Administração Regional de Samambaia se mostrou sensível e partiu para a promoção do evento que reunirá os artesãos da cidade devidamente cadastrados.

 

A Fecothur Samambaia – 1 ª Feira do Comércio de Artesanato e Cultura de Samambaia – será um protótipo para outras edições. Após a realização desta primeira edição, será feito um balanço do evento e, sendo positivo, entrará na agenda oficial da região, de forma a fomentar o artesanato local.

 

Serviço:

1 ª Feira do Comércio de Artesanato e Cultura de Samambaia

Data: 9 de maio (sábado)

Horário:

Local: Estacionamento da Feira Permanente de Samambaia, QN 202

 

Mais informações:

Assessoras de imprensa: Cláudia Frota/Ana Alves

Telefone: 9808-5520 / 8553-4774 / 3359-9317 / 3359-9300 ramal 9317

E-mail:  COMUNICACAO.SAMAMBAIA@GMAIL.COM” target=”_blank”>COMUNICACAO.SAMAMBAIA@GMAIL.COM / ASCOM@SAMAMBAIA.DF.GOV.BR” target=”_blank”>ASCOM@SAMAMBAIA.DF.GOV.BR

Facebook: https://www.facebook.com/administracaoregionaldesamambaia

Blog: http://ascomsamambaiadf.blogspot.com.br/

Twitter: @admdesamambaia

Site: www.samambaia.df.gov.br

 

A comunidade de Samambaia recebeu mais dois Centros de Educação da Primeira Infância (Cepis) na manhã desta quinta-feira (16): as creches Pica-Pau-Branco e Angico, na QR 7 e na QN 503, respectivamente. Assim como nas outras 33 unidades de ensino já em funcionamento, pessoas da sociedade são escolhidas como padrinhos ou madrinhas simbólicos das unidades. A subsecretária de Concessões da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos, Cristina Melo, e o representante de uma construtora civil, André Araújo, são os patronos da Pica-Pau-Branco.

“Nossa função será ajudar a transformar esses ambientes em locais familiares. Vamos acompanhar o cotidiano dos Cepis para assegurar o desenvolvimento das unidades e desses pequeninos estudantes”, garante Cristina. Os centros inaugurados têm, cada um, capacidade para 112 crianças de até 5 anos e já estão abertos à comunidade, atendendo em tempo integral, das 7h30 às 17h30, com cinco refeições diárias.

“Se tivermos a capacidade de garantir a boa parte das crianças de zero a cinco o acesso à creche e à educação infantil, mudaremos a vida dessas pessoas e o futuro de Brasília”, destacou o governador Rodrigo Rollemberg, durante a inauguração oficial das unidades.

O administrador de Samambaia, Claudeci Xavier de Miranda, também esteve na solenidade e frisou que a região está em constante crescimento, o que tornam as novas creches fundamentais para assegurar o atendimento à comunidade. “Oferecer esses espaços aos filhos garante às mães a possibilidade de investir na carreira profissional. É um ganho para toda a família”, lembra. Com as novas unidades, a região chega a 11 creches públicas em funcionamento.

Próximo da meta
Tanto a Pica-Pau-Branco quanto a Angico fazem parte de um conjunto de Centros de Educação da Primeira Infância que estão sendo inaugurados este mês. Até o momento foram oito creches entregues pelo governo. Outras três estão previstas para a próxima semana.

Desde o início do mês, foram inauguradas oficialmente unidades em Águas Claras, Asa Norte, Sobradinho, Sobradinho II e Ceilândia. Além disso, mais 25 Cepis estão em fase de construção em várias localidades do DF.

“É uma prioridade absoluta. Estamos em negociação com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para a liberação de recursos e construção de outras 23. A Secretaria de Educação e a Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) estão trabalhando em conjunto para garantir que essas creches cheguem às comunidades mais carentes desse serviço”, enfatizou Rollemberg.

 

Foto: Mauro Viery


Samambaia terá o DIA D contra Dengue e Febre Chikungunya:   08 de Abril

Militares do Comando Militar do Planalto vão auxiliar no mutirão

Brasília, 6/4/2015 – Militares do Exército estarão, na próxima quarta feira (08), em Samambaia, para  auxiliar no mutirão de combate à dengue e a febre chikungunya.

Apesar de Samambaia não estar no ranking das principais cidades com ocorrência de dengue, a Administração Regional de Samambaia promoverá o DIA D partindo de áreas com maior incidência de lixos jogados a céu aberto, bem como acúmulo de pneus e entulho em áreas impróprias.

Além de militares do Comando Militar do Planalto, a ação contará ainda com a atuação dos colaboradores da Administração Regional de Samambaia que serão dispensados de suas atribuições internas para fazerem parte deste grande mutirão.

Serviço:

Mutirão de combate à dengue e a febre chikungunya

Dia: quarta-feira (08)

Horário: a partir das 09:00

Local: Samambaia

 
 
Mais informações:
Administração Regional de Samambaia
Telefones: 3359-9317/3359-9300 – ramal 9317
E-mail: comunicacao.samambaia@gmail.com/ascom@samambaia.df.gov.br
Facebook:https://www.facebook.com/administracaoregionaldesamambaia
Blog: http://ascomsamambaiadf.blogspot.com.br/
Twitter: @admdesamambaia
Site: www.samambaia.df.gov.br


80% Processos de aprovação e licenciamento de projetos são encaminhados à CAP da Seget

Administração de Samambaia se empenha para cumprir decreto que vai agilizar processo de desburocratização

(Brasília, 2/4/15) – De acordo com o Decreto 36.339/2015, que alterou a estrutura Administrativa da Secretaria de Estado de Gestão do Território (Seget), a atribuição da aprovação de projetos foi transferida das administrações regionais para a Central de Aprovação de Projetos (CAP) da Seget.

A transferência dos referidos processos cabe atualmente à Gerência de Licenciamento das Administrações Regionais, que analisa e encaminha os mesmos para que não ocorra nenhum prejuízo ao contribuinte durante todo o processo de transferência.

O administrador regional de Samambaia, Claudeci Xavier, pediu empenho dos colaboradores da administração na execução da missão. Como resultado, na quarta feira(1º/4) 300 processos foram  encaminhados à CAP.

Mais informações:

Administração Regional de Samambaia
Telefones: 3359-9317/3359-9300 – ramal 9317
E-mail: comunicacao.samambaia@gmail.com/ascom@samambaia.df.gov.br
Facebook:https://www.facebook.com/administracaoregionaldesamambaia
Blog: http://ascomsamambaiadf.blogspot.com.br/
Twitter: @admdesamambaia
Site: www.samambaia.df.gov.br

 

Servidores mais antigos afirmaram que tal fato foi inédito na história de muitos!  

(Brasília, 24/3/15) – Foi com muito entusiasmo que colaboradores da Administração Regional de Samambaia receberam o Vice Governador do Distrito Federal, Renato Santana. Ao despachar nesta administração por uma tarde, Renato Santana aproveitou para reunir todos os servidores para palestrar sobre as diretrizes deste novo governo, expor suas experiências vividas, além de enfatizar que o braço mais perto do GDF junto a população é a Administração Regional, portanto seus servidores devem manter um atendimento exemplar.


A Administração Regional de Samambaia conta com servidores com longo tempo de carreira vivenciados nesta RA, alguns com 25 anos nesta administração, e, após ouvir atentamente as palavras de Renato Santana, asseguraram que nunca presenciaram tal fato.

 

 

Maiores informações:

E-mail: comunicacao.samambaia@gmail.com
Site Oficial: 
www.samambaia.df.gov.br
Fan Page: 
https://www.facebook.com/administracaoregionaldesamambaia
Twitter: @admdesamambaia
Blog: 
http://ascomsamambaiadf.blogspot.com.br/
Telefone: 3359-9317 
Assessoria de imprensa: Cláudia Frota / Ana Alves

Implantação do sistema vai favorecer abertura de novas empresas no DF

 

(Brasília, 10/3/2015) – O acordo firmado entre o Governo do Distrito Federal e Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República, na quarta-feira passada (4), contará com a implantação em Brasília da Rede Nacional de Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), sistema que repercutiu com êxito entre os empreendedores de Samambaia.

O administrador de Samambaia, Claudeci Miranda, esteve presente à solenidade de assinatura do referido acordo, e comemorou a iniciativa. “Iniciativas que favoreçam a abertura de novas empresas, geram também empregos. E com mais empregos a nossa cidade se desenvolverá mais e mais”, afirmou Claudeci Miranda.

Após a solenidade, o administrador cumpriu agenda em um almoço realizado por empresários de Samambaia que formam o grupo “Amigos de Samambaia”.

O almoço contou com mais de 50 empresários de diversos segmentos, todos atuantes em Samambaia. Eles receberam a informação do administrador Claudeci Miranda de que, por meio desse acordo, terão garantias como desburocratização dos processos de inscrição fiscal, consulta de viabilidade e licenciamento de atividades econômicas.

 

Mais informações:
E-mail: comunicacao.samambaia@gmail.com
Site Oficial: www.samambaia.df.gov.br
Fan Page: https://www.facebook.com/administracaoregionaldesamambaia
Twitter: @admdesamambaia
Blog: http://ascomsamambaiadf.blogspot.com.br/
Telefone: 3359-9317 
Assessoria de imprensa: Cláudia Frota / Ana Alves

Cem militares do Comando Militar do Planalto vão auxiliar no mutirão

Brasília, 6/3/2015 – Militares do Exército estarão, na próxima sexta feira (12), em Samambaia, para  auxiliar no mutirão de combate à dengue e a febre chikungunya.

Apesar de Samambaia não estar no ranking das principais cidades com ocorrência de dengue, a Administração Regional de Samambaia promoverá o DIA D partindo de áreas com maior incidência de lixos jogados a céu aberto, bem como acúmulo de pneus e entulho em áreas impróprias.

Além de 100 militares do Comando Militar do Planalto, a ação contará ainda com a atuação dos colaboradores da Administração Regional de Samambaia que serão dispensados de suas atribuições internas para fazerem parte deste grande mutirão.

Serviço:

Mutirão de combate à dengue e a febre chikungunya

Dia: sexta-feira (12)

Horário: a partir das 08:00hs

Local: Samambaia

Brasília, 3/3/2015 – O Programa Mala do Livro tem sido um estímulo à leitura para a população. No sábado (28), no auditório da Administração de Samambaia, foi realizado um Encontro com Agentes de Leitura de Samambaia do Programa Mala do Livro.

O Encontro Agentes de Leitura de Samambaia contou com a presença de Graça Pimentel, Diretora do Sistema de Bibliotecas Públicas do Distrito Federal e do Administrador de Samambaia, Claudeci Miranda. “O Projeto é importante para nossa cidade, vamos ajudar no que for preciso”, comentou o administrador.

Desde 1990, o Programa Mala do Livro facilita às comunidades carentes o acesso ao livro, por meio de mini bibliotecas (caixas estantes) instaladas em residências, com atuação relevante dos agentes de leitura.

Mais informações:

E-mail: comunicacao.samambaia@gmail.com“>comunicacao.samambaia@gmail.com

Site Oficial: www.samambaia.df.gov.br

Fan Page: https://www.facebook.com/administracaoregionaldesamambaia

Twitter: @admdesamambaia

Blog: http://ascomsamambaiadf.blogspot.com.br/

Telefone: 3359-9317

Assessoria de imprensa: Cláudia Frota / Ana Alves


 

Claudeci Miranda entregou relação de benfeitorias ao secretário Júlio Peres

 

Brasília, 3/3/2015 – O Administrador de Samambaia, Claudeci Miranda, reuniu-se nesta segunda (02/03), com o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos do DF, Júlio César Peres, a fim de entregar pedidos de benfeitorias à Samambaia. Entre elas estão a construção do Ginásio de Esportes; a construção da Praça da Juventude; a extensão da malha de ciclovias; a reforma, manutenção e urbanização de diversos equipamentos como Quadras de Esportes e Praças, instalação de 30 PECS e manutenção das já existentes.

 

Na oportunidade, o administrador de Samambaia, reiterou um pedido feito no início desta nova administração, no qual refere-se ao Programa Asfalto Novo. Este programa tem como plataforma principal o recapeamento asfáltico, bem como obras que venham a melhorar o trânsito nas principais vias de Samambaia devido ao grande fluxo na DF 459 que causa diversos congestionamentos em pontos estratégicos de Samambaia.

Outro ponto levantado pelo administrador Claudeci Miranda foi quanto as obras paradas de duas grandes reivindicações da população da cidade: reforma das feiras e a construção do Complexo Cultural de Samambaia.

Mais informações: www.samambaia.df.gov.br
E-mail: comunicacao.samambaia@gmail.com
Telefone: 61 3359-9317
Assessora de imprensa: Claudia Frota


Administrador da cidade, Claudeci Miranda, participou dos trabalhos sobre esportes e lazer no DF

Brasília, 3/3/2015 – O Administrador de Samambaia, Claudeci Miranda, somou-se à comunidade brasiliense, na Tribuna de Honra do Estádio Nacional Mané Garrincha, onde foi realizada a audiência pública “Esportes e Lazer no Distrito Federal: Programas e Projetos”.

“A nossa cidade precisa ser ouvida, precisa participar. Por isso estou aqui para somar no que for preciso neste projeto da Secretaria de Esportes e Lazer do DF”, afirmou o administrador de Samambaia, Claudeci Miranda.

Mais informações: www.samambaia.df.gov.br
E-mail: comunicacao.samambaia@gmail.com
Telefone: 61 3359-9317
Assessoria de imprensa: Claudia Frota

 

Com ampla programação, a comunidade participou ativamente de cada ação

A população de Samambaia aprovou a realização do 1º Encontro Amigos do Esporte e compareceu em massa ao evento, promovido pelo Núcleo de Cultura, Esporte e Lazer da Administração de Samambaia. O encontro aconteceu no sábado (28), no Campo Sintético da Praça de Esportes, que fica na QS 310.

Mais de 600 pessoas participaram ativamente da programação oferecida, entre elas a certificação “Amigos do Esporte”, que agraciou personalidades e projetos locais que atuam com relevada importância no esporte e lazer em Samambaia.

E-mail: comunicacao.samambaia@gmail.com
Telefone: 61 3359-9317
Assessor de imprensa: Claudia Frota

unidade 501

Para melhorar o atendimento e oferecer ambiente adequado e com mais segurança aos usuários, a Unidade Básica de Saúde (UBS) da quadra 501, em Samambaia Sul, receberá serviços de manutenção e encontra-se fechada desde a última quinta feira, dia 19 de fevereiro.

Até a conclusão das obras, prevista para 50 dias, a população será temporariamente atendida na Clínica da Família nº 4 de Samambaia, na quadra 302. Os reparos começaram na sexta, dia 20.

A UBS receberá reparos no telhado, reposição de forro em PVC, troca de portas, pintura, instalação de piso, de bancadas e de pias e terá a rede elétrica revisada. Serão investidos cerca de R$ 53 mil na execução dos serviços.

Referência para cerca de 4,5 mil pessoas, moradoras das quadras 501 e 503, a unidade atende cerca de 30 pessoas por dia, além das visitas domiciliares feitas diariamente. Presta atendimentos básicos em pediatria, ginecologia e obstetrícia, clínica geral e enfermagem. Também oferece serviços como consultas médicas, inalações, aplicação de injeções, curativos e fornecimento de medicação básica.

A unidade abriga uma equipe de Saúde da Família, com um médico de família e comunidade, um enfermeiro, dois técnicos de enfermagem e cinco agentes comunitários de saúde. Todos os profissionais serão transferidos, provisoriamente, para a Clínica da Família nº 4.

Fonte: Agência Brasilia/GDF

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros