28 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
8/08/23 às 11h13 - Atualizado em 8/08/23 às 11h17

Samambaia, Varjão, Núcleo Bandeirante são algumas das que apostam na valorização do servidor como forma de atender melhor a comunidade

COMPARTILHAR

A preocupação com o bem-estar dos servidores tem chegado às administrações regionais. Três anos após a criação da Secretaria Executiva de Valorização e Qualidade de Vida (Sequali), dentro da Secretaria de Fazenda (Sefaz), o Governo do Distrito Federal (GDF) vivencia uma descentralização do Programa Qualidade de Vida no Trabalho (PQVT), que cada vez mais é aplicado por órgãos do Executivo como forma de melhorar o ambiente profissional.

O cuidado com os colaboradores reflete o que há de mais moderno em termos de política laboral. E o GDF tem sido pioneiro no assunto, despontando como a única entidade pública do país a ter o Plano Distrital de Qualidade de Vida, documento que norteia o PQVT.

Em Samambaia, as ações voltadas para a valorização dos colaboradores começaram a ser desenvolvidas na administração regional em março deste ano, com a organização de encontros semanais. Os bate-papos sobre temas variados ajudaram a estreitar as relações entre os 85 funcionários da repartição pública.

“Muitos colaboradores mal conheciam os colegas de trabalho, apesar de dividirem a mesma sala. E criar relações de amizade tornam o ambiente de trabalho melhor, mais acolhedor”, aponta o administrador de Samambaia. Marcos Leite de Araújo. “Além disso, temos investido na saúde e capacitação dos nossos servidores.”

A Administração de Samambaia fechou parceria com duas academias da cidade, que oferecem mensalidades com desconto para os funcionários da repartição. “Também temos convênio com três instituições de ensino, para atender aqueles que desejam se aperfeiçoar ou ter uma outra formação”, conta Marcos.

O próximo passo para melhorar a qualidade de vida no trabalho, de acordo com o administrador de Samambaia, é a criação de um espaço de convivência para os colaboradores. “Queremos montar uma área destinada às refeições e ao relaxamento dos servidores”, adianta. “O bem-estar dos funcionários tem um impacto muito positivo na sociedade. Um colaborador que se sente cuidado trabalha com dedicação e alegria”.

‌Primeiros passos

‌A administração regional que deseja implantar seu próprio PQVT deve acionar seu agente de qualidade de vida – todos os órgãos do GDF têm servidores cumprindo esse papel. Cabe a esse representante entrar em contato com a Sequali para solicitar uma consultoria – a pasta conta com técnicos responsáveis por construir um plano de acordo com a realidade e a demanda de cada órgão.

Carolina Caraballo, da Agência Brasília | Edição: Vinicius Nader

Mapa do site Dúvidas frequentes